Coluna de Airton Peruzzi

Dois toques
25 de Outubro de 2014 às 07:58

RETA FINAL, PARTE DE CIMA – Será muito intensa a briga dos times localizados na parte de cima da tabela deste Brasileirão, que buscam vaga para a Libertadores 2015. Mesmo o Cruzeiro, que faz campanha muito boa e lidera com folga a competição, desde a sexta rodada, ainda não tem vaga assegurada. Estão na briga pelas quatro vagas, além do próprio Cruzeiro, as equipes do São Paulo, Atlético-MG, Corinthians, Inter, Grêmio e Fluminense. A equipe do Santos tem remotas chances.

“CHUTÔMETRO” – Faltando oito rodadas para o final do campeonato, com quatro jogos em casa e quatro jogos fora para cada equipe, avaliando jogo a jogo entre os postulantes ao G-4, estou projetando que o Cruzeiro será campeão com 71 ou 72 pontos; a segunda vaga ficará com o São Paulo, com 66 pontos; a terceira vaga será do Grêmio, com 65 pontos. A quarta vaga será disputada pelo Inter, Atlético-MG e Corinthians.

RETA FINAL, PARTE DE BAIXO – Assim como ocorre na parte de cima do Brasileirão, na parte de baixo a disputa também é gigantesca para não cair. Dos grandes, o Botafogo é seriíssimo candidato à queda. De Santa Catarina, existe grande possibilidade da queda de duas equipes. Criciúma, Chapecoense e Figueirense estão na berlinda. Há grande probabilidade de queda de uma ou das duas equipes da Bahia. E o Coritiba está neste grupo de risco.

“CHUTÔMETRO I” – Faltando 24 pontos para serem disputados, por time, é arriscado fazer um prognóstico. É apenas palpite, mas arrisco projetar que Criciúma, Botafogo, Bahia e Coritiba serão rebaixados.

PARA RECUPERAR A CONFIANÇA – A equipe colorada precisa retomar o caminho da vitória, no jogo de hoje, 21h, contra o Bahia, no Beira-Rio. É grande a diferença técnica entre as duas equipes. Para o torcedor colorado, machucado e desconfiado com o time em virtude dos últimos resultados, não há outro resultado senão a vitória.

COMPLICADO – O Tricolor joga, logo mais, 18h30min, no Couto Pereira, contra o Coritiba. O time paranaense (que ganhou do Botafogo no meio da semana) é a primeira equipe fora do rebaixamento. No primeiro turno, mesmo caindo aos pedaços, ganhou do Grêmio, dentro da Arena, por 3 a 2. Para as pretensões do Grêmio, de ingressar no G-4, é necessário ganhar o jogo. Parada indigesta!

Fonte: Jornal das Missões

Email: airtonperuzzi@ibest.com.br

Mais artigos de Airton Peruzzi