Coluna de Oscar Pinto Jung

Você crê em cirurgia espiritual?
20 de Setembro de 2016 às 09:00

Quem não admite (por enquanto) a continuação da vida, não acredita em cirurgia espiritual, ou seja, a interferência de um médico desencarnado em favor da cura de um ser humano. Contrariamente, não temos o direito de duvidar do êxito de muitas dessas cirurgias. Em primeiro lugar, no entanto, há de se considerar o merecimento do enfermo. Há muitos anos, na frente da casinha humilde do sensitivo Orlando Beck, no Bairro Haller, dele ouvimos (Wilson Marchionatti, Almir Cozzati e eu), entre um chimarrão e outro, lição inesquecível sobre quantos ficariam curados dos duzentos atendidos naquele dia:

- Apenas dois, apenas dois merecem.

A santo-angelense Ione Freitas, aposentada do Banco do Brasil, conta que fez três cirurgias espirituais, entre agosto e setembro deste ano, no Núcleo Espírita Nosso Lar, na cidade de São José, próxima a Florianópolis. Diz a Ione:

- Nesse local funciona um hospital e muitos atendimentos. Foram um sucesso as minhas cirurgias astrais com desmaterialização! E ainda continuo o tratamento até outubro, fazendo curativos astrais, reike, cromoterapia, desmentalização, homeopatia e água fluidificada. As palestras e os passes são maravilhosos. Todos os atendimentos são absolutamente grátis. Condição para ser atendido: FÉ! Eles têm outro hospital, dentro da ilha em Florianópolis, onde atendem pacientes portadores de câncer.

O amigo Jorge Meirelles Correa traz seu depoimento:

- Eu já presenciei o Espírito Dr. Richard operando através do médium Marlon Santos, em Cachoeira do Sul. Não por vídeo, assisti ao vivo, a menos de dois metros de distância.

Há muitos anos, no pátio da URI, como o Jorge, também presenciei de perto as cirurgias do Espírito Dr. Augusto, incorporado no médium João de Deus, de Abadiânia. A Delegada de Polícia Federal Cely Reichert e eu fomos escolhidos pelo Espírito para segurar bandejas com material cirúrgico. O João de Deus recentemente mereceu dez páginas da revista Veja e mais a capa. E mereceu também ser entrevistado pela Oprah Winfrey, a mais famosa da televisão americana.

A santo-angelense Clélia Sallet Machado já se submeteu a cirurgias espirituais através do Templo Espírita Tupyara, do Rio de Janeiro, todas com ótimos resultados. Os procedimentos cirúrgicos através de médiuns são inteiramente gratuitos. Não esqueço, a propósito, a cirurgia feita pelo Espírito Dr. Leocádio, através do médium Maury, para debelar foco infeccioso no cerebelo do Marcelo, então com nove anos. Pouco antes da cirurgia, em Curitiba, o médico terreno me advertiu de que o menino poderia ficar na mesa. Autorizei a cirurgia sem medo. Sucesso total, ao invés de nove horas como previsto, durou quatro e sem nenhuma sequela.

A FRASE DO CHICO XAVIER, curtida por Jânio Bones: “Nossa mente é como uma antena, capta o que estamos sintonizando: o bem ou o mal. Depende de nós mudarmos a frequência”.

Advogado, integrante da Academia Santo-angelense de Letras. Escreve nas edições de terça-feira. 

Email: pintojung@terra.com.br

Mais artigos de Oscar Pinto Jung