Coluna de Pedro Belmonte

Eleições
27 de Setembro de 2014 às 07:30

Há muito escrevo sobre a inexistência de representantes de Santo Ângelo em Brasília, Porto Alegre e suas drásticas repercussões.
Falta de um deputado estadual ou federal, oriundo do município ou com ele identificado e compromissado, resultou na perda de poder político.
Chegou o momento de Santo Ângelo e da região elegerem representantes conhecedores dessas necessidades e possam participar da reconquista de sua posição sócio-político-econômica.
Tempos de Hed Borges, Augusto Nardes, Leônidas Ribas, Adroaldo Loureiro, Valdir Andres, Mauro Azeredo, Alcides Costa, Celso Bernardi, Pastor Reinaldo, Unirio Machado, Alcebíades de Oliveira, Dario Beltrão e Augusto Nascimento e Silva, estarão de volta se o eleitor direcionar seu voto aos candidatos comprometidos com Santo Ângelo e as Missões.

Maria
Sabe aquele dito ‘foi pro Céu’?
É o caso de Maria Tavares, falecida na Capital com respeitáveis 102 anos.
Sua longeva vida foi dedicada ao bem.
Como Assistente Social se dedicou a ressocialização de presos do semiaberto, durante 70 anos.
Seu imenso amor era repartido com humanos e animais. No velório o cão que adotou ainda filhote, permaneceu ao lado do caixão. Milke foi fiel companheiro da voluntária nos derradeiros 5 anos de sua vida centenária e voltada a ajudar.
Ultimamente, Vó Maria era cuidada por ex-detentos que amparou.

Saúde pública
Anvisa interditou lote de extrato de tomate Elefante, por conter, conforme análise microscópica, fragmentos de pelo de rato.
Poderia sugerir a troca do molho pela fruta ao natural, mas poderão dizer que contém agrotóxico. Portanto, recomendo rezarmos para fugir das armadilhas dos alimentos e condimentos industrializados.
Saúde pública não está ameaçada apenas pelo que se vende em mercados e supermercados, mas nas farmácias. A mesma ANVISA proibiu venda de medicamentos por rotulagem modificada e trocas de remédios.
Numa embalagem, em vez de drágeas de Paracetamol, havia parafusos.
Nem a tintura creme Beautycolor escapou das denúncias.

Imprensa
Não é de hoje que amigos e amigas petistas reclamam do que consideram implicância com o partido. Os fatos me absolvem.
Há dias, líder máxima do partido e primeira mandatária da Nação, verbalizou: “Não é função da imprensa fazer investigação e sim divulgar informações’”.
No mínimo, mostrou desconhecer as funções inerentes ao jornalismo e aos jornalistas.

Imprensa II
Comentário ocorreu enquanto lamentava a negativa da Procuradoria Geral da República de acesso ao depoimento de seu ex-auxiliar Paulo Roberto Campos, o homem-bomba da Petrobras.
Que culpa cabe à imprensa com a corrupção nos órgãos do Governo?
Dilma e seu padrinho Lula da Silva têm uma ronha antiga com a imprensa descomprometida. Ex-presidente dizia preferir ler propaganda a notícias.
Verdade é que governantes de todos os calibres preferem uma imprensa servil.

Campanha
Avanço de Marina nas pesquisas e até mesmo de Aécio, levaram o governo ao desespero. Com pouca inteligência optou pelo ataque a candidata, sem medir consequências. Falseou a verdade, criando uma rede de factoides difíceis de engolir.
Inverdades iam de acabar o Bolsa Família, privatizar bancos oficiais e a Petrobras, até reduzir investimentos na saúde e educação, com acréscimo de bazófias, tais como, ‘o governo combate os malfeitos e a corrupção’, vindas da boca da presidente-candidata nos programas eleitorais e fora deles.

Campanha II
Baixarias e inverdades mantiveram Dilma em um patamar confortável, apesar de ser a campeã em rejeição.
Como não tenho compromisso com nenhuma candidatura, posso escrever livremente que ninguém é santo, nem tampouco demônio.
Choro de Marina e ter dito com competência que passou fome, além de desenhar um quadro familiar miserável em que os pais não comiam para que os filhos comessem, está nesta vontade de ganhar não importando as armas utilizadas.
O diferencial é não haver baixarias e inverdades.

Campanha III
Por consequência, disputa continua acirrada com os institutos dando empate técnico.
Fossem corretas essas afirmações produzidas em palanques eletrônicos ou comício, Dilma venceria no primeiro turno.
Como em pouco mais de um mês de campanha eletrônica não obteve expressivos avanços numéricos, no segundo turno com Marina ou outro adversário com tempo de TV igual, poderá piorar.
Também não pode causar supressa se Aécio chegar a 5 de outubro ao lado ou à frente de Marina. E ele enfrente Dilma. Ou Marina...

Campanha IV
Quem ganhar encontrará um mau momento na economia. Prévia da inflação oficial subiu 0,39%, mais que o dobro de agosto em 0,14%. Alta cumulada do ano de 4,72% está acima da média de 4,5%. Em um ano chegou a 6,62% e não ficará abaixo de 6% no final de 2014.
De resto, com as finanças governamentais esvaindo-se o Fundo soberano foi sacado e as contas de luz sobem ainda neste ano. Com as contas debilitadas, País ainda depende de financiamentos externos.

Diversas
Como desejamos punidos corruptos e corruptores, do ‘Petrolão’ – escândalo do tipo mensalões, petista e tucano –, medida aventada de oferecer as empresas corruptoras o beneficio da delação, seria bem-vinda.
*****“Pedro seu livro está fazendo uma revolução em minha vida”. Quem postou essa alentada informação, foi Altair Albuquerque, a ‘Gugu’, referindo-se a ‘Crônica do Tempo’. Reside em São Paulo e mata saudades dos tempos de Santo Ângelo, com sua leitura.
*****Prefeito Valdir Andres informando ter determinado a licitação da primeira etapa do projeto de construção do Centro Administrativo de Santo Ângelo. Na segunda-feira (22), esteve reunido com equipe de engenheiros da Prefeitura. *****Erro do IBGE foi vergonhoso e não banal como quer o Governo.
*****Presidente-candidata foi irônica respondendo ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Marco Aurélio Mello sobre uso do palácio da Alvorada para eventos e entrevistas de campanha. Dilma alegou ser uma sem-teto e como tal precisa usar a residência oficial da presidência. Se utilizasse o comitê ou um hotel (não símbolos do Poder) evitaria mal-entendidos.
*****Parabéns ao competente fotógrafo Fernando Gomes por ser agraciado com a Comenda da Cruz Missioneira.  

Fonte: Jornal das Missões

 Jornalista, com passagem por diversos jornais e rádios do Rio Grande do Sul, atualmente coordena o projeto Santo-Angelenses. Escreve nas edições de sábado. 

Email: pedro.a.s.belmonte@hotmail.com

Mais artigos de Pedro Belmonte