Notícias: Cultura

A prece do Missioneiro vence o 5º Canto Missioneiro da Música Nativa

O melhor lugar que há foi a canção mais popular

02 de Abril de 2012 às 11:40
A prece do Missioneiro vence o 5º Canto Missioneiro da Música Nativa
A prece do Missioneiro foi a grande campeã. Foto: Fernando Gomes/Especial/JM

Terminou na madrugada desta segunda-feira o 5º Canto Missioneiro da Música Nativa.

A zamba A Prece do Missioneiro foi a grande campeã do festival que levou um público de 5 mil pessoas até o Centro Histórico, em frente à Catedral Angelopolitana.

Além do prêmio de R$ 5 mil e mais o troféu ‘Cenair Maicá’, a composição ganhou o prêmio de melhor tema Missões, com o troféu ‘Máximiano Bogo’ e o prêmio de R$ 1.500,00.

A Prece do Missioneiro é de autoria de Rômulo Chaves com Robledo Martins. Sua interpretação foi de Nilton Ferreira, Everson Maré e Robledo Martins.

Rômulo Chaves, já havia vencido o 1º Canto Missioneiro com a música Cinco Estrelas de Luz, e o cantor Nilton Ferreira, ganhou juntamente com Valter Morais o 3º Canto Missioneiro com Dois Missioneiros.

O segundo lugar do festival ficou com a canção Generoso, de autoria de Flori Weguer e Zulmar Benitez e na interpretação de Pirisca Grecco, que ganhou o troféu ‘Tio Bili’ e o prêmio de R$ 3.500,00.

Essa composição também levou o troféu de melhor Melodia, ganhando o troféu ‘Tio Queiroz’ e o valor de R$ 700,00.

Já o músico Douglas Mendes, do Generoso ganhou como melhor instrumentista, ao levar um violino ao palco e o troféu ‘Jorge Camargo’ e o prêmio de R$ 700,00.

O 3º lugar ficou com o raguido doble Regionalistas, de autoria de Davi Teixeira e Emerson Fernandes e melodia de Matheus Alves, tendo na interpretação de Ita Cunha.

A composição levou o prêmio de R$ 2.500,00 e o troféu ‘Cindinho Medeiros’, mais a premiação de melhor letra com o troféu ‘Sérgio Jacaré’ e R$ 700,00.

O melhor intérprete do 5º Canto Missioneiro, ficou para a jovem Alana Moraes com a música Anahy de Lãs Misiones, uma chacarera com letra de Binho Pires e Melodia de Duca Duarte.

Já a música mais popular do festival ficou com a vaneira santo-angelense O Melhor Lugar que Há.

A composição é de autoria de Eduardo Saragoso e Bruno Meotti, que teve na interpretação Cláudio Vargas e o Grupo Gana Missioneira.
A música levou o troféu ‘Moacir Nascimento’ e mais o prêmio de R$ 700,00.

Fonte: Rádio Santo Ângelo

Mais Notícias: Cultura