Notícias: Cultura

Diego Lopes lança disco “Tabuleiro” hoje na Fenasoja

Multi-instrumentista é conhecido por integrar a banda Acústicos & Valvulados

30 de Abril de 2016 às 07:50
Diego Lopes lança disco “Tabuleiro” hoje na Fenasoja
Capa do disco Tabuleiro
O cantor, compositor e multi-instrumentista, Diego Lopes, é gaúcho de São Borja, e muito conhecido por integrar, desde 2005, a formação da banda Acústicos & Valvulados. Pois então, ele, que aprendeu a tocar violão aos 12, passando logo para guitarra, piano, baixo, bateria, entre outros instrumentos, chega ao mercado com seu primeiro disco totalmente solo, “Tabuleiro”.

Junto com o lançamento do disco, Diego sobe aos palcos, junto com sua banda, para mostrar um pouco de sua música e do que tem no “Tabuleiro”! Seu primeiro show, que tem a produção executiva de Elizeu Ferro para Plus Produtora, está marcado para hoje, no palco principal da Fenasoja, em Santa Rosa. Na mesma noite também se apresentam as bandas Acústicos & Valvulados e Reação em Cadeia.

Tabuleiro
No disco (produção independente, lançamento Plus Records, 2016), que tem uma abordagem "vintage", Diego consegue mostrar em 12 faixas toda a sua capacidade criativa, seja compondo as letras e músicas, seja produzindo com firmeza a concepção artística do disco. Ele foi acompanhado pelos músicos Daniel Mossmann (Pata de Elefante e A&V), nas guitarras, e Cristiano Bertolucci (Comunidade Nin-Jitsu, Funkalister) na bateria. As bases de bateria, baixo e guitarra foram gravadas ao vivo no Estúdio Soma (Porto Alegre), por Tiago Becker, que também mixou e masterizou o trabalho.

Diego, Daniel e Cristiano, sem muito ensaio ou combinações prévias, entraram em estúdio e tocaram! Ou seja, os arranjos se definiram em estúdio. As vozes principais foram gravadas também no estúdio Soma; e algumas complementações no estúdio IAPI, pelo amigo e produtor Vicente Guedes.

Assim, Diego destaca que pode se dizer que "Tabuleiro" reflete o amadurecimento de um artista. “Casado e pai de família, busquei nas raízes familiares a inspiração para seguir em frente.” Tabuleiro era o nome de uma localidade em Júlio de Castilhos, terra de sua família paterna, em que seus antepassados viveram. “Ouvindo as histórias de familiares, e fascinado pelas tradições, uni tudo isso num verdadeiro tabuleiro musical, onde cada peça foi cuidadosamente colocada no seu devido lugar.” O artista enfatiza que tem imenso prazer em ouvir as canções que compõem ‘Tabuleiro’, que entre gravação, mixagem e masterização se passou um período de um ano até estar finalizado. “De toda minha carreira como músico, é o primeiro disco que sento para ouvir.”
 

 

Mais Notícias: Cultura