Notícias: Esportes

Asaf é campeã da Série Prata 2012

Time missioneiro venceu a Acafutsal neste sábado por 5 a 4, em Cachoeira do Sul

03 de Novembro de 2012 às 22:10
Asaf é campeã da Série Prata 2012
Jogadores e comissão técnica comemoram o título da Série Prata, conquistado em Cachoeira do Sul. Foto: Cleber Pinto/Jornal do Povo

Com duas vitórias sobre a Acafutsal, a Asaf é a equipe campeã da Série Prata 2012. Na primeira partida, disputada em Santo Ângelo, vitória por 4 a 3. E neste sábado, em Cachoeira do Sul, a equipe missioneira, em grande noite, venceu a Aca por 5 a 4, também de virada, e comemorou o bicampeonato da competição.

O JOGO

A Asaf foi para a partida decisiva da Série Prata com a vantagem do empate. E o time adversário, precisando da vitória para levar a partida para a prorrogação, abriu o placar com Lucas, com 5 minutos e 30 segundos de jogo. Faltando 11 com 4, Robe rolou a bola para Gugu que, de frente para o goleiro Maurício Weber, chutou forte para empatar o jogo.

Rudiero foi expulso quando faltavam 7 com 27. Mesmo com um a menos em quadra, Fabinho virou o jogo para a Asaf com um gol de cabeça, sem ângulo, após lançamento do goleiro Márcio, em contra ataque.

O time missioneiro ampliou o placar de falta. Juliano recebeu o passe em cobrança ensaiada e mandou a bomba para o gol: 3 a 1. Placar final da primeira etapa.

TÍTULO

A Acafutsal, precisando do resultado, foi para cima da Asaf em busca do gol. Tiaguinho acabou colocando a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Wilian Costa bateu e descontou para o time de Cachoeira, no início da segunda etapa. O time da casa conseguiu o empate logo depois. E Faltando 8 com 57 para o fim do jogo, Lucas virou para o time de Cachoeira do Sul.

A história do primeiro jogo parecia se repetir, mas Raul Sawitzki colocou Marcelinho como goleiro linha em busca do empate para conquistar o título no tempo normal, faltando 3 minutos e 40 segundos para o fim. Menos de um minuto depois, Tiaguinho mandou a bomba no ângulo do goleiro Maurício Weber, empatou a partida e a Asaf voltou a colocar a mão na taça.

Augusto Brinck, técnico da Aca foi para o tudo ou nada e colocou o goleiro linha. O Cachoeira foi para cima em busca da vitória, mas quando faltavam apenas 5 segundos, Tiaguinho marcou mais um gol. Fim de jogo: 5 a 4 para a Asaf, que ficou com o título da Série Prata.
 

Por Fernando Goettems - fernando@jornaldasmissoes.com.br

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Esportes