Notícias: Geral

Brigada Militar vai implantar GPS para acompanhar viaturas policiais

Projeto deverá trazer mais agilidade no atendimento de ocorrências e redução de combustível

10 de Maio de 2012 às 09:40
Brigada Militar vai implantar GPS para acompanhar viaturas policiais
Na primeira fase de implantação, sistema será instalado em 16 viaturas da área do 7º RPMon. Fotos: Odair Kotowski/JM

O 7º Regimento de Polícia Montada (RPMon) de Santo Ângelo deverá implantar um Sistema de Posicionamento Global (GPS) em 16 viaturas da sua área de abrangência, até o final do mês de maio. Em 15 dias, o sistema já estará operando em fase experimental.

Numa primeira fase, o monitoramento de viaturas será realizado em 12 veículos de Santo Ângelo, dois de Cerro Largo, um de Ubiretama e um de Salvador das Missões. Depois, os demais municípios também serão beneficiados.

Segundo o subcomandante do 7º RPMon, Capitão Jacob Pinton, o sistema será patrocinado pela empresa Fundimisa de Santo Ângelo e visa dar mais agilidade no atendimento das ocorrências. “E pelo exemplo de Lajeado, vai trazer uma diminuição em 30% do consumo de combustível e da manutenção da frota”, enfatiza.

Através de ação do Ministério Público Estadual será feita a reforma de uma sala do regimento, que dará suporte na instalação da central de monitoramento do novo serviço.

O software está sendo desenvolvido pela empresa GPS Sat de Lajeado, que também irá fornecer os equipamentos para as viaturas. Através da GPS Sat, empresa pertencente ao grupo Ciber System, iniciou-se o projeto pioneiro de monitoramento das viaturas do CRPO Vale do Taquari no ano de 2010.

O GPS terá a capacidade de armanezar informações sobre localização da viatura ou perseguições policiais por exemplo, que poderão ser consultadas a qualquer momento. “Isto é, o cidadão liga para o 190 e diz que não foi atendido ou que houve atraso no atendimento da ocorrência. De posse dos dados do GPS, poderemos nos certificar se o atendimento ocorreu ou não”, explica Pinton.

O GPS é um sistema de navegação por satélite que fornece a um aparelho receptor móvel a sua posição assim como a informação de horário, sob quaisquer condições atmosféricas, a qualquer momento e em qualquer lugar.

Mesmo que o sistema está sendo criado por uma empresa civil, o acesso às informações só será feita pela Brigada Militar, já que um servidor próprio foi instalado no prédio do Comando Geral da Corporação.

FUNCIONALIDADES DO SISTEMA DE GESTÃO E MONITORAMENTO

• Uso de equipamentos homologados pela Anatel, tanto equipamentos fixos instalados nos veículos, como equipamentos móveis, utilizados, por exemplo, para o policiamento a pé, de bicicletas ou montado;

• O sistema utiliza mapas digitais e imagens de satélite para o acompanhamento dos veículos em tempo real. A localização é muito precisa (margem de erro máxima de 10 metros);

• Cerca eletrônica: É a possibilidade de delimitar locais de atuação dos veículos. Esta ferramenta também é chamada de área de atuação, onde os gestores definem e criam ilimitadamente áreas de atuação para determinada viatura.

• Relatório de cercas: Esta função mostra quanto tempo a viatura permaneceu dentro de determinada cerca eletrônica, pode ser aplicada para cálculo de permanência em um cruzamento, em áreas escolares, bancárias, no patrulhamento rural, etc.

• Limite de velocidade: funcionalidade para limitar a velocidade máxima.

Fotos vinculadas

Capitão Jacob Pinton, subcomandante do 7º RPMon

Por Odair Kotowski (odair@jornaldasmissoes.com.br)

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral