Notícias: Geral

Brincadeira na internet usa foto de militar são-luizense morto no Haiti
22 de Maio de 2012 às 16:15
Brincadeira na internet usa foto de militar são-luizense morto no Haiti
Foto verdadeira do jovem são-luizense morto no Haiti, bem como a brincadeira exposta no Facebook

Desde a semana passada, uma brincadeira tem circulado nas páginas do Facebook, uma das principais redes sociais em todo o mundo. Uma foto do são-luizense Rodrigo da Rocha Klein, mais conhecido como Nenê ou Soldado Klein, morto em 2 de agosto de 2007 quando estava atuando nas Forças de Paz no Haiti, está sendo usada na página conhecida como “Pânico Delivery”. Na foto, o rapaz teve modificado por Photoshop o seu nome “Klein” para “USB”, ou “CABO USB”, fazendo alusão a conexão de cabos em um computador.

Vários são-luizenses comentaram na foto e muitos até compartilharam a brincadeira, sem se dar conta de que se tratava de um conterrâneo. Outros mostraram indignação, solicitando que a página fosse denunciada. Ao saber do ocorrido, a mãe de Rodrigo, Rosângela Maria da Rocha Klein procurou a Delegacia de Polícia local, a fim de fazer um Boletim de Ocorrência, sendo atendida pela delegada Tanea Bratz. A delegada informou que na tarde desta terça-feira estava terminando de digitar a representação para a quebra de sigilo das páginas do Facebook, que tem escritório no Rio de Janeiro, processo este que poderá demorar de 30 até 45 dias.

Conforme Tanea Bratz, a demora se deve por não termos uma delegacia especializada em crimes da Internet, a exemplo de centros maiores e citou o ocorrido com a atriz Carolina Dieckman, que teve fotos íntimas expostas na rede e teve o caso solucionado em menos de uma semana, o que ocorreu por ter uma delegacia especializada trabalhando no caso. A mãe de Klein disse que ela e os irmãos farão de tudo para buscar os culpados pelo crime, que poderão pegar até dois anos de prisão, se condenados.

Fonte: Jornal A Notícia

Mais Notícias: Geral