Notícias: Geral

Santo Ângelo receberá o maior anel de fibra ótica do projeto Cidades Digitais

Edital recém lançado contempla todo o projeto apresentado pelo município

04 de Outubro de 2012 às 09:30
Santo Ângelo receberá o maior anel de fibra ótica do projeto Cidades Digitais
Mapa da Cidade Digital em Santo Ângelo: rede de fibra óptica interligará órgãos públicos

O Ministério das Comunicações lançou no dia 25 de setembro o edital de Pregão Eletrônico nº 012/2012-MC, através do qual busca habilitar empresas especializadas em infraestrutura de telecomunicações, para implantar a rede de fibra óptica nos 80 municípios selecionados pelo programa. Santo Ângelo receberá o maior anel de fibra óptica entre os selecionados, sendo que a extensão a ser implantada será no total de 20.850 metros. O município também terá o maior número de pontos públicos atendidos, com 30 pontos localizados em órgãos municipais e mais quatro para acesso à comunidade.

A licitação será por lotes de municípios e está marcada para acontecer no dia 9 de outubro, às 10h no Ministério das Comunicações, podendo participar empresas ou consórcio de empresas que serão responsáveis pela implantação da rede, fornecimento de equipamentos e softwares necessários, além de dar suporte técnico e capacitação para o funcionamento do sistema após a conclusão da obra.

O QUE É

O objetivo do programa piloto “Cidades Digitais “, do Ministério das comunicações, é modernizar a gestão pública com a implantação da infraestrutura de conexão entre órgãos públicos e o acesso à população a serviços eletrônicos do governo, bem como disponibilizar espaços de uso comunitário com acesso gratuito à internet.

Em uma segunda etapa, serão interligados diversos órgãos e serviços municipais, estaduais e federais, trazendo benefícios nas áreas administrativa, educação, segurança e saúde. Já na área econômica, o município de Santo Ângelo será contemplado pelo projeto de rede óptica que, além de modernizar a gestão pública, cria condições físicas para atrair empresas de todos os segmentos, principalmente na área de tecnologia de informação.

ENCONTRO NO GABINETE

No início desta semana, o prefeito Eduardo Loureiro reuniu-se no gabinete com lideranças da Acisa, CDL, Sindilojas, da área educacional, secretários e empresas ligadas ao setor de tecnologia da informação (TI) para tratar da questão da projeto Cidade Digital e do andamento do Parque Tecnológico. “Trata-se de grandes ações no setor da tecnologia que colocarão o município em consonância com os novos tempos. A Cidade Digital será uma revolução no uso da tecnologia pelos serviços públicos e para a população. E isso acontecerá num prazo muito curto”, disse Eduardo Loureiro.

Em uma etapa final, o projeto deverá atingir 100% da área urbana e das comunidades rurais do município. Nessa etapa será possível o acesso à população em geral, empresas e residências com qualidade e rapidez ao serviço. Apresentaram propostas 263 municípios, dos quais 192 foram considerados habilitados, e após análise 80 propostas foram selecionadas. No Rio Grande do Sul apenas cinco cidades foram consideradas aptas. Santo Ângelo é a única com mais de 50 mil habitantes, Segundo o Ministério das Comunicações, serão investidos no projeto mais de R$ 55 milhões, sem contrapartida dos municípios. A expectativa é de que o projeto esteja em funcionamento em seis meses.

Fotos vinculadas

Reunião no gabinete do prefeito tratou dos projetos Cidade Digital e Parque Tecnológico. Foto: Fernando Gomes/Especial/JM

Fonte: Prefeitura de Santo Ângelo

Mais Notícias: Geral