Notícias: Geral

Idisa coloca em funcionamento novos equipamentos de ressonância magnética e tomografia na cidade

Instituto passa a contar com o que há de mais moderno em diagnóstico por imagem

12 de Setembro de 2013 às 08:00
Idisa coloca em funcionamento  novos equipamentos de ressonância magnética e tomografia na cidade
Marlice Assmann explica que o tomógrafo Toshiba Multislice de 16 canais foi adquirido no Japão

O Instituto de Diagnóstico por Imagem (Idisa) colocou em funcionamento o que há de mais moderno em equipamentos, compatível com a tecnologia de ponta utilizada em grandes centros de saúde do Estado como Passo Fundo e Porto Alegre. Há dois meses o instituto passou a contar um equipamento de ressonância magnética da marca Philips Anchieva 1.5 Tesla (alto campo), importado da Holanda, de alta potência e com grande qualidade de resolução. Também está em operação um tomógrafo Toshiba Multislice Activion de 16 canais, que veio do Japão.

De acordo com a sócia administrativa do Idisa, Marlice Assmann, apenas para trazer o aparelho de ressonância magnética foram necessários dois caminhões, sendo um apenas para trazer o magneto do equipamento, que pesa em torno de quatro toneladas. Ela conta que para colocar em funcionamento os novos aparelhos foram construídas novas salas.

Em relação ao equipamento de ressonância, Marlice explica que o aparelho não é desligado e fica em uma sala que isola o ambiente de interferências no campo magnético. A refrigeração do aparelho é feita por um compressor de gás hélio e outro equipamento, o Chiller, fornece água para resfriar o compressor e outras pessoas. Ainda foram instalados estabilizadores de aproximadamente 1,5 metros de altura no local.


Diagnóstico porimagem

Marlice Assmann lembra que anteriormente não havia o serviço de tomografia e ressonância magnética em Santo Ângelo. “Esses equipamentos dão mais precisão no diagnóstico por imagem e agiliza o serviço. A ressonância magnética, com o equipamento novo, é um exame que demora aproximadamente 20 minutos para ser realizado. O exame é feito a partir das moléculas de hidrogênio de cada parte do corpo, que entram em ressonância. O aparelho capta e emite a imagem, com a qual é possível fazer o diagnóstico com exatidão. Já o exame de tomografia leva aproximadamente 15 minutos para ser realizado. O aparelho é capaz de emitir imagens em múltiplos cortes, facilitando o diagnóstico”, explica.

Investimentos

Ao todo o Idisa investiu em torno de R$ 5 milhões na reforma e compra do tomógrafo (são dois iguais, um na unidade de Santo Ângelo e outro em Santa Rosa), o equipamento de ressonância magnética, as peças complementares, entre outros. Os aparelhos são operados por um técnico de Radiologia, treinado para trabalhar nos equipamentos. O Idisa possui 20 profissionais nas unidades de Santo Ângelo, São Luiz Gonzaga e Santa Rosa, que atendem aproximadamente 130 municípios na área do diagnóstico por imagem.

IDISA

Atuando há quase 20 anos no mercado, o Idisa é administrado pelo casal Marlice Assmann e José Alberto Leszczinski.
O instituto atende todos os convênios, dentre eles Unimed, IPE, Cassi (Banco do Brasil), Vonpar, Cabergs (Banrisul), além do SUS e particular. O horário de funcionamento é de segunda à sexta, das 7h30min às 18h30min, sem fechar ao meio-dia. 

Novos aparelhos

Tomógrafo Multislice Activion 16: Angiografia com 3D; Colonoscopia e Endoscopia Virtual (sem o uso de cânulas e catéteres); Sure Substration; Cálcio Score (avaliação de placas de ateroma e sua repercussão na permeabilidade vascular); Baixa dose de radiação; Suporta pacientes com até 200 quilos; Dentascan (Tomografia da arcada dentária); Reconstrução em 3D com qualidade fotográfica.

Ressonância Magnética Achieva 1.5 Tesla: Angiorressonância do corpo todo (avaliação vascular de todas as áreas do corpo humano); Difusão e Perfusão; Ressonância Mamária; Ressonância Cardíaca e das demais estruturas do corpo: crânio, coluna, joelho, abdome, tórax, ombro, etc.; Imagens mais rápidas e com alta resolução.

Por Cristiano Devicari (cristiano@jornaldasmissoes.com.br)

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral