Notícias: Geral

Café, bolo frito, música e hospitalidade atraem milhares de visitantes a São Nicolau

11º Café de Cambona premiou empresas e entidades que ofereceram os produtos à população que esteve n

26 de Maio de 2014 às 16:00
Café, bolo frito, música e hospitalidade atraem milhares de visitantes a São Nicolau
Além de conferir o café e o bolo frito, população acompanhou os shows

Dois mil quilos de farinha, 150 quilos de café, 800 quilos de açúcar, 700 dúzias de ovos e 1,5 mil litros de azeite. Esse foi o volume de ingredientes transformados em café e bolo frito, servidos durante o 11º Café de Cambona, de São Nicolau, que reuniu aproximadamente 25 mil pessoas no último domingo (25), na Praça Padre Roque Gonzales, junto ao Sítio Arqueológico. O evento foi realizado durante todo o dia, e encerrou à tarde, com show do grupo Os Garotos de Ouro. Todas as atrações foram gratuitas.

No total 26 empresas e entidades, a maioria de São Nicolau – somente a Uergs era de fora –, trabalharam preparando café de cambona e bolo frito. As receitas de bolinhos tinham também ingredientes como milho, mandioca, linguiça e até maracujá, e fritos em panelas sobre o fogo de chão, na praça mesmo e nas ruas no seu entorno. Ao lado, o café foi preparado em cambonas, uma espécie de chaleira, e servido aos visitantes. No centro da festa, artistas ofereciam músicas nativistas, galponeiras, trova e poesia, através de tertúlia durante todo o dia.

O café e todos os ingredientes foram oferecidos pela Prefeitura de São Nicolau, organizadora do evento, que montou também as barracas. O município também ofereceu prêmios para os vencedores em quatro categorias: R$ 500 para o 1º lugar e R$ 300 para o 2º nas categorias melhor bolo, melhor café, hospitalidade e originalidade. Além disso, o grande campeão recebe a “Cambona de Ouro”, prêmio no valor de R$ 1 mil (confira no quadro a premiação completa).

A secretária de Turismo de São Nicolau, Ana Paula Alvarenga, lembra que o Café de Cambona foi criado em 1988 pelo então secretário de Administração Luis Carlos Leal, e nos anos seguintes foi realizado aleatoriamente, sem uma continuidade. A partir de 2009, o evento acontece todos os anos, em maio, com programação semelhante.

Após o evento deste domingo, Ana Paula afirma que os organizadores irão se reunir, avaliar a edição e começar a trabalhar para a próxima. “Temos que aumentar a estrutura, principalmente o espaço com lonas, pois maio é um mês em que temos que contar muito com a sorte para não chover no dia do evento”, destaca ela. “Agradeço a parceria com a comunidade, pois é ela quem realiza o Café de Cambona.” 

PREMIAÇÃO

Cambona de Ouro – Escola Estadual São Izidro
Melhor bolo – 1º lugar – Secretaria de Saúde
Melhor bolo – 2º lugar – Secretaria de Agricultura
Melhor café – 1º lugar – Escolas municipais Monte Alegre e São Bernardo
Melhor café – 2º lugar – Uergs
Hospitalidade – 1º lugar – Comercial Pietroski
Hospitalidade – 2º lugar – Sicredi
Originalidade – 1º lugar – Agropecuária Barcelos, Escola Estadual São Nicolau e Cabanha 1ª Querência
Originalidade – 2º lugar – Piquete Os Perversos

Fotos vinculadas

Cafés e bolos fritos foram oferecidos de diferentes maneiras pelas 26 empresas e entidades participantes Organização estimou que público foi de aproximadamente 25 mil pessoas durante todo o domingo Tertúlia no palco e nas barracas, com músicos de toda a região, foi uma das atrações do Café de Cambona

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral