Notícias: Geral

Nível do rio Uruguai em Porto Xavier começou a baixar nesta madrugada

Aulas na cidade estão suspensas, e há em torno de 1.500 desabrigados

30 de Junho de 2014 às 10:30
Nível do rio Uruguai em Porto Xavier começou a baixar nesta madrugada
Embora já tenha baixado (foto), nível chegou a registrar um aumento de 17,65 metros, o que superou a enchente histórica de 1983 (Fotos: Maurício Bratz/Prefeitura de Porto Xavier)

O nível do rio Uruguai em Porto Xavier, que em função das fortes chuvas chegou a atingir um nível máximo aproximado de 17,65 metros no final da semana passada, começou a baixar nesta madrugada. Já baixou de 40 a 50 centímetros.

Com os mais de 17 metros de aumento, o marco histórico de 1983, de 16,5 metros, foi ultrapassado. De acordo com a Prefeitura, em torno de 450 famílias, ou 1.500 pessoas, estão desabrigadas. Os interessados em fazer doações – agasalhos, alimentos, toalhas, produtos de higiene, cobertores, colchões – podem entregá-las na Prefeitura, na Rua Tiradentes, 540, das 9h às 17h, sem intervalo ao meio-dia, e o recebimento se estenderá durante toda a semana.

Assim como o recebimento de doações, o cadastro de pessoas atingidas pela cheia se iniciou ontem (29), na Secretaria Municipal de Assistência Social, e segue o mesmo horário da entrega de doações. A Prefeitura também trabalha na criação de uma conta do Fundo Municipal de Defesa Civil, cujos dados serão divulgados em breve.

Segundo a Prefeitura, as aulas continuam suspensas na cidade – nesta tarde, a partir das 14h, os diretores estarão reunidos na Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto para discutir a situação. Ainda, equipes de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde estão percorrendo os alojamentos e pontos atingidos para verificar a situação e fazer orientações, e agentes de saúde também estão disponibilizando produtos para a limpeza de água, para que a população ao menos possa utilizá-la para limpeza.

Somente nas partes altas da cidade há água potável. Nas demais, aonde a enchente chegou, canos foram arrebentados e a água não chega. A Corsan deverá consertar assim que o rio descer, e os pontos que estão sem luz só voltarão a ser energizados assim que a água baixar.

Fotos vinculadas

Doações podem ser entregues na Prefeitura, na Rua Tiradentes, 540, das 9h às 17h

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral