Notícias: Geral

Banco de Sangue do HSA atende com horário diferenciado

Mudança se deve ao início da Semana Nacional de Doação de Sangue

24 de Novembro de 2015 às 08:30
Banco de Sangue do HSA atende com horário diferenciado
A enfermeira gestora do Banco de Sangue, Marta Perim Motta, destaca a importância da doação (Foto: AI/HSA)

Começou ontem a Semana Nacional de Doação de Sangue que tem como slogan “Faça parte da árvore da vida: doe sangue”. Para marcar essa data, o Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo (HSA) fará atendimento em horário diferenciado das 7 às 15 horas até o próximo sábado (28).
A enfermeira gestora do Banco de Sangue, Marta Perim Motta, destaca a importância deste gesto que pode salvar vidas. “Estamos recebendo todos os tipos de sangue. Estaremos com um horário especial para que as pessoas possam fazer a sua doação”, diz.
 
PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE
No primeiro dia da Semana Nacional de Doação de Sangue, Vagner Santos Silva, de 23 anos, fez a doação. “Estou participando da campanha de doação por entender a importância desta iniciativa. No ano passado meu avó de 72 anos precisou e eu fiz a doação”, lembrou.
Durante a Semana Nacional de Doação de Sangue os personagens Dr. Leleco e a Gotinha estarão distribuindo folders educativos sobre a importância da doação de sangue para quem precisa.

QUEM PODE DOAR
A pessoa para ser doadora precisa estar em bom estado de saúde (não apresentar sinais de resfriado ou alergias); ter dormido bem à noite; não ingerir alimentos gordurosos (quatro horas antes); não consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação; não fumar duas horas antes, entre outros requisitos.
O doador deve ainda ter idade entre 16 e 68 anos, sendo que no caso de idoso ele pode desde que a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos e pesar no mínimo 50 quilos. Para a doação a pessoa deve apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial, como carteira de trabalho ou carteira de identidade. Pessoas na faixa etária de 16 e 17 anos são necessárias a autorização dos pais ou de um responsável na primeira doação.

QUEM NÃO PODE DOAR
Não pode doar quem teve doença sexualmente transmissível; quem teve hepatite após 10 anos de idade; sintomas de gripe ou diarréia nos últimos sete dias; fez tatuagem nos últimos 12 meses; procedimentos odontológicos de 1 a 30 dias antes de doar, conforme caso; cirurgias de 3 a 12 meses e conforme o procedimento, poderá ficar definitivamente inapto; uso de determinados medicamentos; vacinas 4 semanas após a última dose; homens e mulheres com mais de um parceiro e que mantém relações sexuais sem o uso de preservativo.

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral