Notícias: Geral

Aproveite o Dia Mundial do Doador de Sangue e faça a sua parte

Estoque do Banco de Sangue do HSA está com estado razoável

13 de Junho de 2017 às 08:00
Aproveite o Dia Mundial do Doador de Sangue e faça a sua parte
O tipo de sangue O negativo é o mais solicitado por ser considerado universal (Foto: Arquivo/JM)

Em alguns períodos do ano as manchetes sobre o baixo estoque de sangue no Banco de Sangue preocupam. No verão, por exemplo, as doações de sangue escasseiam por conta da debandada das férias. No inverno, são as baixas temperaturas que afugentam quem quer ser solidário. Mas como a única fonte de sangue para pacientes internados é a doação, o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado nesta quarta-feira (14), reforça a necessidade de ignorar o frio e ajudar a manter o estoque abastecido.

A enfermeira responsável pelo Banco de Sangue do Hospital Santo Ângelo (HSA), Marta Perim Motta, diz que neste momento o estoque está com o nível razoável devido ao período de doações de alunos de escolas e colégios.

“As transfusões também estão em ritmo mais calmo e estamos conseguindo manter o estoque em nível estável devido a um protocolo que temos em que os pacientes que farão cirurgia, como de prótese de quadril, por exemplo, devem levar dois doadores compatíveis.

O Banco de Sangue abastece o HSA e o Hospital Unimed Missões. O protocolo é aplicado para as duas instituições de saúde. As doações podem ser realizadas de segunda-feira a sábado, das 7h às 12h30. À tarde, das 14h às 16h30, o Banco de Sangue fica aberto para retirada de exames, sangria e orientações aos doadores. O sangue tipo O negativo, é o mais solicitado pelo Banco por ser considerado universal. Mais informações pelo telefone: (55) 3313-2000 (ramal 128).

SOBRE O DIA MUNDIAL DO DOADOR
O objetivo desta data é homenagear a todos os doadores de sangue e conscientizar os não-doadores sobre a importância deste ato, que é responsável pelo salvamento de milhares de vida.

A data foi criada por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, e a data foi escolhida em homenagem ao dia de nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Quem pode doar sangue?
Para doar sangue, a pessoa deve estar enquadrada dentro de algumas características específicas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS):
Homem ou mulher;
Entre 16 e 69 anos (desde que a 1ª doação seja antes dos 60 anos);
Dos 16 aos 18, é necessário apresentar autorização dos responsáveis;
No dia: estar alimentado e ter dormido, no mínimo, seis horas;
Leve: documento oficial com foto.Não pode: ter colocado piercing ou feito tatuagem nos últimos 12 meses;
Ter acima de 50 quilos;
Não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, Aids (HIV), HTLV;
Estar bem alimentado e descansado;
Esperar entre 90 e 180 dias após o parto para mulheres grávidas;
Se estiver gripado, esperar no mínimo sete dias após a recuperação para poder doar;
Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias para voltar a doar sangue. Os homens devem esperar 60 dias até uma nova doação.

Mais Notícias: Geral