Notícias: Geral

Autoridades e comunidade prestigiam voo inaugural entre Porto Alegre e Santo Ângelo

Centenas de pessoas acompanharam a chegada do voo AD-2754 ao Aeroporto

04 de Julho de 2017 às 10:00
Autoridades e comunidade prestigiam voo inaugural entre Porto Alegre e Santo Ângelo
Segunda-feira histórica: autoridades e comunidade regional prestigiaram a solenidade (Foto: Oda Kotowski)

Por volta das 15h40 de ontem, a aeronave turboélice ATR 72-600 da Azul Linhas Aéreas pousou no Aeroporto Regional Sepé Tiaraju, de Santo Ângelo, trazendo os primeiros passageiros da conexão entre a capital das Missões e Porto Alegre. A decolagem ocorreu do Aeroporto Salgado Filho, na capital do Estado, às 14h28, inaugurando uma nova época para o desenvolvimento de Santo Ângelo em todas as suas áreas. Desde esta segunda-feira (3), o município passa a estar conectado a Porto Alegre em deslocamento com duração de pouco mais de uma hora – via terrestre o trajeto pode durar até sete horas.

Centenas de pessoas da comunidade regional acompanharam a chegada do voo AD-2754 ao Aeroporto, atividade que marcou um momento histórico para Santo Ângelo e para a região das Missões. Este é o sétimo destino da companhia aérea no Rio Grande do Sul. As operações foram solicitadas à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em novembro de 2015 e aprovadas no início de maio de 2017. O esforço mútuo entre governo federal, estadual, Assembleia Legislativa entidades, associações de municípios e Departamento Aeroportuário (DAP) foi destacado pelas diversas autoridades presentes no evento. Para o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, “trata-se do resultado de uma grande mobilização, do trabalho de muitos setores, que se reflete em uma grande conquista representando uma nova etapa para o desenvolvimento da integração regional e encurtando distâncias também para a promoção do desenvolvimento da saúde, educação, do agronegócio e do turismo”, salientou. Para Sartori, “hoje o Rio Grande do Sul fica ainda mais forte e preparado para construir o futuro que queremos”.

O voo inaugural contou com a presença do governador José Ivo Sartori, de autoridades municipais, estaduais e federais, e de passageiros que utilizam a rota para o deslocamento dos cerca de 440 quilômetros, com duração aproximada de 1h15. O retorno para a capital ocorreu após a solenidade.

Para o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, este é um momento muito importante para a economia e o turismo do Rio Grande do Sul. “Hoje estamos entregando ao povo gaúcho mais um serviço de alta qualidade, de integração nacional e estadual, e de incentivo ao turismo e ao desenvolvimento do nosso Estado”, afirmou. Westphalen ressaltou ainda a importância do Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR-RS) na viabilização dos voos da linha Porto Alegre/Santo Ângelo. Lançado em 2015, o programa busca promover o desenvolvimento econômico, social e turístico do estado com a ampliação das rotas de voos regulares nos aeroportos regionais.
O projeto prevê a concessão de incentivos fiscais para as empresas de transporte aéreo que aderirem ao programa, desde que garantam a operação de rotas regionais que atendam quatro ou mais municípios e que promovam e incentivem pacotes para roteiros turísticos pelo estado. O objetivo é que todos os municípios gaúchos tenham, até 2017, um aeroporto operando voos regulares em até 180 quilômetros. O aeroporto de Santo Ângelo faz parte dessa rota.

O prefeito de Santo Ângelo, Jaques Barbosa, ressaltou a data como um momento de comemorações e agradecimento a todos que contribuíram e não mediram esforços para a concretização das operações, “que inaugura um novo tempo para o comércio, indústria, educação e turismo em Santo Ângelo e região”.

Santo Ângelo conectado ao mundo

Neste início da operação, são ofertados dois voos semanais: nas segundas e sextas-feiras. Após o período de inverno, o município terá quatro voos semanais para a capital Porto Alegre. Ao desembarcar na capital do estado, os clientes poderão conectar-se a dez destinos domésticos: São Paulo (Campinas, Guarulhos, e Congonhas), Rio de Janeiro (Santos Dumont), Curitiba, Belo Horizonte (Confins), Florianópolis, Navegantes, Pelotas e Santa Maria. A partir das capitais paulista e mineira, é possível chegar às demais regiões do Brasil e também ao exterior.

Aeroporto Sepé Tiaraju

Os voos regulares estavam paralisados desde 2010. Em maio de 2016, as obras da pista do aeroporto de Santo Ângelo foram entregues. A obra de reforço do pavimento da pista teve investimento de R$ 6 milhões, com recursos do Estado e da União, por meio do Programa Federal de Auxílio a Aeroportos (Profaa). Com 30 metros de largura e extensão de 1.615 metros, a pista está apta a receber aeronaves que compõem a frota das principais empresas brasileiras de aviação.

A gestão do Aeroporto Sepé Tiaraju é compartilhada entre o governo do Estado, por meio da Secretaria dos Transportes e do Departamento Aeroportuário (DAP), e a prefeitura de Santo Ângelo.

Presenças

A solenidade oficial que marcou o início dos voos e a inauguração da adequação do terminal de passageiros contou com a presença de diversas autoridades federais e estaduais, além de representantes de entidades e de municípios de Santo Ângelo e região. Além do governador do Estado, José Ivo Sartori e do secretário estadual de Transportes, Pedro Westphalen, estiveram presentes os deputados estaduais Eduardo Loureiro, Frederico Antunes, Gabriel Souza e Aloísio Classmann, deputados federais Darcísio Perondi e Cajar Nardes, Ministro do Tribunal de Contas da União, João Augusto Nardes e Secretário Nacional de Aviação, Dario Lopes além do diretor de Relações Institucionais da Azul, Ronaldo Veras e do presidente da Fiergs, Heitor Müller.  

Fotos vinculadas

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Geral