Notícias: Política

Câmara Municipal projeta adequação do prédio para receber mais cinco vereadores

Foram encaminhados pedidos para reforma da estrutura do Legislativo

18 de Outubro de 2012 às 06:15
Câmara Municipal projeta adequação do prédio para receber mais cinco vereadores
Rampa lateral do prédio poderá dar lugar a um elevador. Foto: Fernando Goettems/JM

Com a chegada de um novo mandato no Legislativo e Executivo em 2013, a Câmara de Vereadores de Santo Ângelo já se prepara para receber mais cinco legisladores, totalizando quinze vereadores na casa. “De imediato, está sendo encaminhada, com a cedência das salas que a prefeitura utilizava no prédio da Câmara de Vereadores, a reforma para a utilização do espaço pelos vereadores”, salienta Antonio Dário Basso, coordenador administrativo da Câmara de Vereadores de Santo Ângelo.

De acordo com o coordenador administrativo, também está em tramitação um pedido para reforma em uma rampa lateral do prédio, que fica ao lado da Travessa Augusto Nascimento e Silva. “Se o órgão competente no estado autorizar a demolição desta rampa, já que o prédio é tombado como patrimônio histórico, será colocado um elevador para facilitar o acesso ao prédio. Como teremos um vereador cadeirante, essa reforma faz-se mais necessária ainda”.

Além disso, o setor de contabilidade e de telefonia, que atualmente funcionam no segundo andar da Imobiliária Wächter, que fica do outro lado da rua, também passarão a funcionar no prédio da Câmara de Vereadores.

GASTOS

Antonio Dário Basso observa que o orçamento destinado à Câmara de Vereadores deverá aumentar. “Não será um aumento em razão do número de vereadores, até porque a Câmara não gasta todo o seu orçamento e sempre devolve aos cofres públicos o excedente. Será um aumento em proporção ao aumento da receita do município” relata.

O orçamento da casa legislativa santo-angelense, em 2012, foi de R$ 6.325 milhões. “Acredito que, no próximo ano, esse número deve chegar até R$ 7,5 milhões. O que deve ocorrer, é um aumento nos gastos, para manter a estrutura de gabinete de mais cinco vereadores. A estimativa é de um aumento de cerca R$ 30 mil ao mês, dentro deste orçamento da Câmara”, complementa.

Por Fernando Goettems - fernando@jornaldasmissoes.com.br

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Política