Notícias: Política

Futuro secretário de Indústria e Comércio diz que meta é implantar dois distritos industriais em Santo Ângelo
15 de Dezembro de 2012 às 08:00
Futuro secretário de Indústria e Comércio diz que meta é implantar dois distritos industriais em Santo Ângelo
Bertê deve ser confirmado como secretário de Indústria e Comércio no próximo governo. Foto: Divulgação

O primeiro nome que deve ser confirmado no governo de Valdir Andres é Leonesildo Bertê, na Secretaria Municipal de Indústria e Comércio. Indicado pelo PSDB, ele diz acreditar que o futuro prefeito irá acatar a decisão do partido e confirmá-lo como titular da pasta.

Questionado sobre as metas da secretaria, Bertê diz que irá cumprir os compromissos de campanha assumidos por Andres, que são a implantação de dois distritos industriais no município. Um deve ser implantado na ERS-344 e outro na ERS-218.

Outro nome cotado para assumir uma das pastas, a da Educação, o professor e diretor da Escola Liberato Salzano Vieira da Cunha, Gilberto Bomm, disse que não foi convidado oficialmente por Valdir Andres. Porém, ele já adianta que caso seja convidado, não deve aceitá-lo no momento.

OUTROS NOMES

Uma série de pessoas são cogitadas para assumir o primeiro escalão do prefeito Valdir Andres.

Na Secretaria de Agricultura, quem está cotado para assumir o cargo de secretário é o médico veterinário Dielo Giovelli, que possui propriedade em Lajeado Cerne.

Na Secretaria de Obras, quem foi convidado a assumir o cargo de secretário é o empresário Lídio Veiga, que recusou. Outro nome cogitado para assumir a secretaria é o de Vilson Zago Muller (Candango), que também pode assumir a Secretaria dos Transportes.

Já para a Secretaria de Planejamento, um nome cotado é o de João Roberto Borin, que concorreu a vereador nas eleições deste ano.

Para a Secretaria Municipal de Ação Social, o nome cotado é de José Silva, irmão do atual secretário de Turismo e Esportes, Eduardo Silva.

Para a Secretaria Municipal de Saúde, cujo secretário deve ser do PMDB, foi convidado para assumir o cargo o vereador Paulo Azeredo, que recusou a oferta. A vice-prefeita eleita Nara Damião também não teria aceitado assumir o cargo. A secretaria deve ser comandada por Eunice “Preta” Belinaso, que já atuou na Secretaria Estadual da Saúde como chefe de gabinete.

Na Secretaria da Fazenda, o nome cotado é o do empresário Luiz Ghellar.

Na Secretaria de Cultura, um nome cotado é o do suplente de vereador Tato Maicá, que também poderia assumir a Secretaria de Obras.

Na Secretaria Geral, quem teria sido convidado para o cargo é o professor Hed Brittes, que recusou.

Para a Secretaria de Administração, o nome cotado para o cargo é o do empresário Noé Serra.

A Secretaria de Habitação estaria sem um nome definido para assumir o cargo. 

Mais Notícias: Política