Notícias: Política

Jacqueline Possebom: “Os idosos, mulheres, adolescentes e agricultores terão prioridade na minha legislatura”

Enfermeira Jacqueline Possebom foi eleita com 1.445 votos, muitos no interior

22 de Dezembro de 2012 às 16:00
Jacqueline Possebom: “Os idosos, mulheres, adolescentes e agricultores terão prioridade na minha legislatura”
Enfermeira atuante na saúde pública, Jacqueline Possebom (PDT), foi eleita vereadora com 1.445 votos. Foto: Tiarajú Goldschmidt/JM

Dentro da série de entrevistas com os vereadores eleitos, a entrevistada da vez é Jacqueline Possebom, 41 anos, esposa do locutor da Rádio Santo Ângelo Jota Miguel e eleita com 1.445 votos.

Conheça as principais propostas da enfermeira para o legislativo municipal.

JM - Qual a sua expectativa para assumir a Câmara pela primeira vez?

JACQUELINE - É algo novo, e posso dizer que não tenho medo de desafios, estou preparada para fazer um grande trabalho na Câmara de Vereadores.
Buscarei apoio em todos aqueles que tem o mesmo “pensamento” meu, em ajudar as pessoas.

 

JM - Como foi que você tomou a decisão em concorrer a vereadora?

JACQUELINE - Sempre participei na adolescência de movimentos estudantil, sendo líder. Já a minha experiência como Enfermeira, fez com que eu pudesse acompanhar as necessidades dos bairros e área rural, humanizando o atendimento, vivenciando as suas dificuldades. Percebi que eu poderia colaborar ainda mais com as pessoas, e pelas comunidades. Conversando com a família, colegas da classe de enfermagem e os amigos, decidi candidatar-me a uma vaga do legislativo.

 

JM - Qual foi a sua base eleitoral? Onde se concentrou para buscar votos durante a campanha?

JACQUELINE - Recebi praticamente votos em todas as urnas, em especial, no meu Bairro Emilia (onde moro há 23 anos) e fiz em torno de 300 votos. Já na área rural fiz em torno de 40% dos meus votos, e o restante nos bairros em que atuei como enfermeira de saúde pública.

 

JM - Que ações pretende desenvolver em seu mandato?

JACQUELINE - Serei a vereadora que vai ouvir as pessoas, construir projetos através das necessidades das comunidades. Serei incansável na defesa dos animais, combatendo os maus tratos e a esterilização gratuita. Os idosos, as mulheres, os adolescentes, os agricultores, terão prioridade na minha legislatura. São várias questões que poderão melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, com ações de prevenção, como a violência, a estiagem entre outras. As ações serão aquelas em que no decorrer destes quatro anos serão solicitadas pelas comunidades. Comigo as pessoas terão voz e vez!


JM - Que postura adotará diante da administração do futuro prefeito Valdir Andres?

JACQUELINE - A postura de oposição equilibrada, fiscalizadora e de respeito. Apoiarei o que é bom para a nossa comunidade santo-angelense.
Estarei atenta a basicamente quatro promessas de campanha: na saúde terminar com as filas, o congelamento do IPTU, diminuir o número de Ccs, e da transformação do Itaquarinchim em áreas de lazer para a comunidade.


CURRÍCULO DA VEREADORA ELEITA

Jacqueline Possebom, 41 anos, foi líder estudantil, enfermeira (formada pela URI Santo Ângelo), especialista em Saúde Pública (Faculdade do Contestado-PR), Graduada em Violência Doméstica contra crianças e adolescentes(USP-SP), Pós-graduada em Gestão do SUS (Fiocruz-RJ), Qualificação em Prevenção ao uso indevido de drogas (Unisc-SC).
Coordenadora das Agentes Comunitárias de Saúde, Conselheira do Comdim (Conselho dos Direitos da Mulher), responsável técnica pelo Centro de Apoio à Mulher e a Criança e responsável pela saúde do adolescente da Secretaria de Saúde de Santo Ângelo.

Por Odair Kotowski (odair@jornaldasmissoes.com.br)

Fonte: Jornal das Missões

Mais Notícias: Política