A LA PUCHA

0
868

O X da questão

No momento que estamos vivendo, as pessoas precisam estar muito atentas. Se as notícias falsas, o que chamam de fake news, são prejudiciais em períodos normais, dá para imaginar a confusão que não provocam na situação em que nos encontramos.

É preciso ter discernimento para identificar a informação de uma fonte absolutamente confiável do que está sendo “jogado ao vento” sem a mínima responsabilidade. E o mais importante, não ficar repassando boataria e invenções, porque isso apenas aumenta o sentimento de insegurança e a preocupação das pessoas.

Perguntar não ofende…

Nas medidas econômicas para combater os efeitos do Coronavírus os privilegiados de sempre seguirão ilesos?

Desinformação perigosa

Outro alerta é ler as informações e refletir sobre elas. Não apenas “dar uma olhada” e sair disseminando o que não se entendeu. Alguns até usam isso para criar problemas e tentar atingir algumas pessoas.

Um exemplo disso são os constantes comentários em redes sociais dando conta de que casos de coronavírus em Santo Ângelo estariam sendo escondidos pelos órgãos de saúde.

Não há nem tentativa de esconder porque isso seria em vão.

Fala-se ainda que “de uma hora para outra” surgiram 30 casos suspeitos em Santo Ângelo. Não foi assim.

O estabelecimento de novos critérios adotados pelo Ministério da Saúde fez com que situações que antes não eram consideradas suspeitas passassem a ser. Não modificou o panorama, mas sim a forma de classificação.

Só para lembrar

A pandemia de fake news, desinformação, boatos e maldades também é perigosa.

Medida acertada

Foto Rodrigo Bergsleithner

Uma das tantas medidas acertadas que vem sendo tomada pelo Governo Municipal está a desinfecção de pontos estratégicos da cidade.

A higienização foi realizada nesta semana e elogiada pela população, por entender que essa é uma ação preventiva e que transmite uma maior segurança para as pessoas, mesmo que a principal recomendação siga sendo ficar em casa, evitar a circulação. Porém, em alguns casos isso é indispensável e as pessoas precisam se sentir seguras.

Pequenos municípios

Diante de todas as medidas anunciadas pelo Ministério da Saúde sobre o enfrentamento ao Coronavírus dá para observar a falta de ações mais específicas para os municípios. Não as metrópoles, que logicamente precisam ter cuidados especiais pelo volume de pessoas, mas para os médios e pequenos municípios.

Os pequenos municípios não possuem hospitais e a maioria sequer conta com uma rede de unidades bem estruturada.

Essas comunidades pequenas também precisam de atenção, pois se ocorrerem casos, e não é nada fora de contexto que aconteça, o sistema dos chamados polos regionais irá ser sobrecarregado.

Destino certo

Quando o Governo Federal anuncia a liberação de R$ 8 bilhões em emendas parlamentares, o que se espera é que o dinheiro chegue a quem realmente precisa.

Até porque, a maioria dessas emendas já foi anunciada pelos deputados federais, o que é uma prática, mesmo que o dinheiro não esteja liberado.

Para refletir

“A chave misteriosa das desgraças que nos afligem é esta; e somente está: a ignorância!
Ela é a mãe da servilidade e da miséria. Entre a ciência e a ignorância, eu sempre vou crer na ciência!”Rui Barbosa

Mudança de CEP eleitoral

Confirmando o que já havia sido noticiado nesta coluna em agosto do ano passado, o médico Volnei Teixeira (foto) mudou o seu domicílio eleitoral.

Nesta semana, Volnei apresentou ao presidente da Câmara de Vereadores de Entre-Ijuís o seu pedido de renúncia ao mandato. Com isso, transfere seu domicílio eleitoral para Santo Ângelo, onde deverá concorrer nas eleições de outubro.

É bom frisar que Volnei atende em Santo Ângelo há muitos anos. Ele irá integrar a nominata do MDB, partido pelo qual conquistou uma cadeira no legislativo entre-ijuiense em 2016, obtendo 394 votos e sendo o quinto mais votado.

Agradecimentos

Volnei fez questão de agradecer aos eleitores entre-ijuienses que confiaram nele e disse não esquecer o carinho e as amizades conquistadas.

Na vaga de Volnei, assumirá a titularidade o suplente do MDB, colega radialista Solon Queiroz (foto), que obteve 290 votos na eleição de 2016.

 

  •  Num momento de crise aguda, atitudes acertadas, pontuais, coerentes, formam e apresentam à população novos líderes. Em sentido contrário, ignorância, insensatez e radicalismo inconsequente, podem destruir quem não tem a exata percepção do momento em que vive.
  • Direita ou esquerda? A imbecilidade não escolhe lado. Ficar comparando qual é a pandemia mais mortal, se a H1N1 ou o Coronavírus, ou qual presidente foi mais ineficaz não é apenas idiotice, é doença.
  • A situação faz com que as pessoas mudem seus conceitos e suas atitudes. Nos anos anteriores, as campanhas de vacinação contra a gripe necessitavam de esforço dos órgãos de saúde para atingir o público-alvo. Eram montados postos especiais, quase que buscando as pessoas na marra. A necessidade de imunização era desconsiderada por boa parte das pessoas. Agora, com o medo do vírus, o que se vê é a corrida atrás da vacina.
  • O Ministério do Desenvolvimento disponibilizou canal de comunicação para usuários de todo o país que desejarem receber alertas e orientações sobre o Coronavírus. Para isso basta enviar  mensagem de SMS para o número 40199. Depois é só indicar o CEP de interesse.
  • A eleição da nova diretoria da Associação dos Municípios das Missões (AMM) estava agendada para a sexta (27), mas foi adiada devido às ações de enfrentamento ao Coronavírus. Uma nova data será marcada. O substituto de Puranci Barcelos na presidência será eleito na assembleia. O prefeito Mico Gonzatto (PP), de Dezesseis de Novembro, colocou seu nome à disposição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here