Conectores de parágrafos

0
449

É de bom tom ligar bem um parágrafo com outro ou um parágrafo a outro com palavras ou com expressões chamadas conectoras. Essas palavras ou expressões conectoras usadas no terceiro e no quarto parágrafo de uma dissertação de cinco parágrafos, por serem poucas, podem ser memorizadas e usadas com precisão, sempre as mesmas, na hora da escrita do texto em andamento. Posto isso, da dissertação argumentativa publicada aqui na quarta semana de julho passado, reescreve-se o primeiro período do terceiro e do quarto parágrafo, começados com os conectores, feitos de expressões. Os períodos têm, respectivamente, estes inícios:

Além disso, nas áreas campestres há maior quantidade de alimentos saudáveis (…….). Ainda convém lembrar a maneira como as pessoas se relacionam nas zonas rurais (…….). Como bem se pode observar, o conector do terceiro parágrafo é a expressão além disso, e o do quarto é a expressão ainda convém. Depois da palavra convém poderia vir outro verbo que não apenas o lembrar? Poderia. Poderiam ser usados outros verbos, como, por exemplo, entre outros mais, dizer, ressaltar e recordar. Os sete pontos corridos entre parênteses usados acima estão corretos, são gramaticais? Estão corretos, são gramaticais. Usam-se sete pontos entre parênteses quando se suspendem dois ou mais pensamentos, quando se suspendem dois ou mais períodos, quando se suspende um trecho. Quando se suspende apenas um pensamento, uma palavra ou uma expressão, põem-se reticências, as quais são, como os que estão em séries mais adiantadas de estudos sabem, três pontos, não dois, nem quatro ou mais.

Aqueles que escrevem dissertações argumentativas, não só nos dias de concurso, mas também noutras ocasiões da vida, possuem nos usos dos conectores de parágrafos e também de períodos uns grandes auxiliadores em costurar bem, ou pelo menos bem melhor, os parágrafos, se e quando forem esses os casos, e também os períodos, cuja costura deixa o texto mais coeso, coerente e claro. Essa ligação impede de cada parágrafo ficar solto, como se nada tivesse a ver com outro, nem com o todo textual.

Assim, previdentes e providentes são aqueles que retêm na memória esses dois ou mais alguns outros conectores e os usam nos lugares certos dos parágrafos e dos períodos do texto. Um texto com parágrafos e períodos bem conectados tem clareza e não ambiguidade. Clareza é a qualidade maior do texto. Ambiguidade é o defeito maior do texto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here