Observações gerais sobre a dissertação argumentativa

0
210

O candidato a uma vaga no concurso, em qualquer concurso, também no do Enem, ao escrever a dissertação argumentativa, pode encontrar algumas dificuldades em formular o tema e mais um pouco em achar os argumentos. É normal e não faz perder a cabeça. Não é perda de tempo gastar a metade do tempo que tem para escrever a redação argumentativa em formular com mais precisão o tema e escolher os melhores argumentos, argumentos mais consistentes, mais exatos. Pois uma vez de posse do tema e dos argumentos, do tema e dos argumentos escritos na folha do rascunho, fica ele mais seguro para, sem voar para cá ou para lá, escrever os parágrafos do desenvolvimento e concretizar com pé e cabeça o texto em mira.

Mesmo não conhecendo bem determinado assunto, o candidato sempre pode dizer alguma coisa sobre o assunto. Não importa que seus argumentos não sejam extremamente originais nem os mais certos, basta-lhe não fugir do assunto proposto. Assunto proposto pesa e manda. Durante os estudos médios, mas pode começar antes, faz-lhe bem, semanalmente, mesmo que para si, em caderno próprio ou em folhas destinadas para tal, escrever o tema e os argumentos e depois o texto inteiro. Também no aprender a escrever bons textos, ou pelo menos melhores, os treinos têm fontes boas e produzem efeitos inimagináveis. Aprende-se a escrever escrevendo. Então, é treinar a escrita de texto, treinar e treinar.

A seguir, há um tema escolhido e exemplificado. Apresenta-se aqui, para exemplo e posterior exercício, um tema e três argumentos obtidos com o uso da expressão básica da pergunta – por quê? Tema: Os habitantes da cidade de Santo Ângelo passam diariamente por algumas dificuldades. Agora, tendo os três por que separados, é tentar obter os três argumentos, os quais são obtidos perguntando por que, por que e por que os habitantes da cidade de Santo Ângelo passam diariamente por algumas dificuldades. Argumentos – apenas uma sugestão de três argumentos: 1. O trânsito está cada vez mais congestionado. 2. Muitos motoristas andam estressados. 3. Vários cidadãos, por causa do coronavírus, perdem emprego e dinheiro.

Assim, terá diferença a redação escrita pelo candidato que escreve uma redação por semana ou a cada duas semanas da redação daquele que, por preguiça ou por motivos outros, em três anos ou mais escreve menos ou não escreve uma sequer?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here