De Trivela

0
116

100% Tite
Todos nós éramos conhecedores da competência do técnico Tite. O gaúcho de Caxias do Sul arrumou a Seleção Brasileira. Antes da chegada de Tite, o time do Brasil não tinha organização e confiança. Hoje, a seleção joga bonito, com toque de bola, saídas rápidas, marcação eficiente e alta movimentação. Seis jogos, seis vitórias, 100% de aproveitamento e líder isolado das eliminatórias Sul Americana. A vaga na Rússia já está garantida.
 
Vai para a Segundona
Não tem jeito. Os adversários colaboram, mas, o Internacional faz de tudo para cair. Um time sem alma, sem garra, sem vibração e sonolento. Dez dias parados e inexplicavelmente despreparados para uma partida decisiva, derradeira. Muito amadorismo. O Internacional vai encarar em 2017 o Luverdense, Brasil de Pelotas e Juventude. E, não há nenhuma injustiça nisso. O grupo formado pelo arrogante Píffero é digno de Série B. Folha salarial altíssima para manter em seu plantel jogadores de nível de Anselmo e Paulão. Pobre colorado. Afundaram o Clube do Povo. Fernando Carvalho, experiente e vitorioso, morreu abraçado com  um técnico ultrapassado, teimoso e burro. Demiti-lo depois da tragédia é cômodo. Nem poderia ser contratado. Um profissional que até o presente momento não tinha um time definido. Que coisa. Nem o Papa Francisco salva o colorado. Podem chamar o tesche e preparar a cerimônia.
 
Histriões
Os auditores que formam o STJD são verdadeiros histriões. Sem peso e sem medidas em suas absurdas decisões. Lembram-se do Campeonato Brasileiro de 2005? Concordo que o treinador Renato Gaúcho não deveria convidar a sua belíssima filha a fazer parte da festa da classificação antes do apito final da arbitragem, mas, sinceramente, qual o mal disso? Tanta polêmica para nada. Um desgaste extremamente desnecessário. Este Tribunal para o bem do futebol deveria ser extinto, assim como alguns cartolas da entidade máxima do futebol brasileiro!
 
Abraço
Hoje meu abraço vai para o nobre amigo colorado Cezar Velaski. O Cezar estava apavorado com o desempenho do glorioso Colorado, depois do empate com a Ponte Preta entrou em pânico. Sem chances meu amigo, vamos morrer abraçados e disputar a Segundona!
 
Pensamento
“No que diz respeito a empenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo; Ou você faz uma coisa bem feita ou não faz.” (Ayrton Senna)
 
*Um ótimo e abençoado final de semana!