De Trivela

0
127

Meu Brasil…
Meu Brasil que sonha com uma Seleção confiável, aguerrida e vitoriosa. Meu Brasil que sonha com atletas comprometidos e patriotas, que se emocionam quando o hino nacional é tocado e não ficam com olhares perdidos mascando chicletes. Meu Brasil que sonha em retomar a hegemonia do futebol mundial, Meu Brasil que sonha em ter uma comissão técnica que realmente faça à tão esperada reformulação, Meu Brasil que sonha em não convidar mais jogadores mercenários, descompromissados com a camiseta mais vitoriosa do planeta. Está difícil de concretizar este sonho. O time do Brasil afunda cada vez mais. Compreendo que Dunga teve uma boa parcela de culpa neste novo fracasso brasileiro em competições oficiais. Mas, e os jogadores?  Determinados jogadores como Willian e Lucas lima jamais deveriam vestir novamente a “amarelinha”. Ambos se esconderam do jogo. Não assumiram nada. Uma decepção maior que o erro desvairado do quarteto de patetas escalados para conduzir uma partida de caráter decisivo. Foi-se a era Dunga na Seleção.

Muda o que?
E não é que Tite aceitou o convite da CBF para ser o novo comandante da Seleção Brasileira de Futebol? Sinceramente não acreditava que o técnico gaúcho acolheria este desafio, principalmente depois de encabeçar uma lista de assinaturas pedindo a renúncia de dirigentes da entidade que comanda o futebol brasileiro. Como será a relação entre o Presidente Marco Polo Del Nero e Tite? Há seis meses, o então técnico do Corinthians assinou manifesto do Bom Senso Futebol Clube exigindo o afastamento do atual seu chefe. Estranho, mas, voltando para o futebol, Tite tem talento e sabedoria para classificar o Brasil para a Copa na Rússia. Apenas, engana-se quem acreditar que vá mudar alguma coisa na administração do futebol.

Liderança
Desta vez o Internacional venceu e convenceu. A vitória diante do Atlético Mineiro selou a liderança do colorado no brasileirão. Agora o time do povo soma seis vitórias em oito partidas disputadas. Sem dúvidas é uma bela e surpreendente campanha. Neste domingo, o Internacional tentará manter a sequencia vencedora diante do perigoso Figueirense na belíssima Florianópolis. É um jogo complicado. O figueira não está bem na tabela de classificação e fará uma guerra contra o atual líder do campeonato. Porém, se manter o foco e a mesma determinação é possível que o time de Argel saia do orlando Scarpelli com mais três pontos na bagagem.

Abraço
Hoje meu abraço vai ao nobre amigo, âncora do rádio santo angelense, professor, gremista da gema, Luiz Roque. O Luiz Roque afirma que seu time vai ficar entre os três primeiros na tabela. Será?

Pensamento
“A vida está cheia de desafios que, se aproveitados de forma criativa, transformam-se em oportunidades.” (Maxwell Maltz).

*Um ótimo e abençoado final de semana!