De trivela

0
105

Ídolo corajoso
Não gostei da escolha de Paulo Roberto Falcão para ser o novo comandante do vestiário colorado. Mas, acredito que foi uma decisão acertada da direção do Internacional. Vou explicar: Como torcedor colorado, tenho na figura do treinador Falcão um ídolo, um cara que jogou muito e por isso temo que novamente caso os resultados não apareçam seja mais um a se desgastar no clube. Acredito em seu trabalho e penso que atualmente Falcão esteja mais bem preparado e mais maduro para encarar a dura missão de tirar o time da indigesta sequencia de resultados negativos.  Por outro lado, a direção desta vez foi inteligente ao convidar o Rei de Roma para retornar ao clube. As opções não eram muitas e os treinadores chamados topes (Mano Menezes e Abel Braga) sequer quiseram ouvir propostas.  Então, por que não contratar um profissional identificado com a torcida, o clube e a imprensa? Parece mentira, mas, desta vez, a desastrosa gestão de Pífero acertou.

Jogo duro
Sem refresco. Na sua estreia como treinador, o colorado encara o líder isolado da competição necessitando somar pontos. Tudo indica, se o tempo colaborar, que o Beira Rio estará recebendo um excelente público. O jogo vai ser uma pedreira. O Palmeiras é um dos favoritos para erguer o caneco em Dezembro e tem um ótimo elenco. Cuca conseguiu fazer seu time atuar de forma organizada e rápida. O Internacional, talvez apresente uma vontade a mais e um esquema mais organizado do que vinha utilizando que na minha modéstia opinião era uma verdadeira esculhambação. Jogo duro para o colorado, mas, eu acredito em vitória vermelha e branca.

Sorte
É possível que o Dr. Cavalheiro e o Daniel Piltz tenham alegrias ao final do ano. O tricolor gaúcho, time do coração de ambos está atravessando uma excelente fase dentro do brasileirão e quando a fase é boa tudo conspira a favor. A equipe de Roger conquistou três vitórias nos últimos instantes, no apagar das luzes contra a Ponte Preta, Santos e no último domingo o Figueirense.  A sorte anda de mãos dadas com o tricolor. Mas, até quando? Só Deus sabe!

Argel Fucks
Podem falar o que quiserem de Argel Fucks, menos que ele não tenha personalidade.  Antes de ser dispensado pelo Internacional, Argel disse em uma entrevista coletiva que não ficaria uma semana desempregado. Em menos de 24 horas após ter seu contrato rompido com o Internacional o homem de Santa Rosa assumiu o comando do Figueira. É forte este Argel!

Abraço
Hoje meu abraço vai ao amigo colorado Glenio Correa que está animado com a volta de Paulo Roberto Falcão.  Estou com você caro Glenio. Vamos ser otimista!

Pensamento
“Não existem métodos fáceis para resolver problemas difíceis”. (René Descartes)

*Um ótimo e abençoado final de semana!