Combate a pandemia e aos boatos

0
415

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Nas medidas econômicas para combater os efeitos do Coronavírus os privilegiados de sempre seguirão ilesos?

PARA REFLETIR

“Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida”. Platão.

SÓ PARA LEMBRAR

A pandemia de fake news, desinformação, boatos e maldades também é perigosa.

 

DESINFORMAÇÃO PERIGOSA

No momento que estamos vivendo, as pessoas precisam estar muito atentas. Se as notícias falsas, o que chamam de fake news, são prejudiciais em períodos normais, dá para imaginar a confusão que não provocam na situação em que nos encontramos.

É preciso ter discernimento para identificar a informação de uma fonte absolutamente confiável do que está sendo “jogado ao vento” sem a mínima responsabilidade. E o mais importante, não ficar repassando boataria e invenções, porque isso apenas aumenta o sentimento de insegurança e a preocupação das pessoas.

 

SEM COMPARTILHAMENTO

Outro alerta é ler as informações e refletir sobre elas. Não apenas “dar uma olhada” e sair disseminando o que não se entendeu. Alguns até usam isso para criar problemas e tentar atingir algumas pessoas.

Um exemplo disso são os constantes comentários em redes sociais dando conta de que casos de coronavírus em Santo Ângelo estariam sendo escondidos pelos órgãos de saúde. Não há nem tentativa de esconder porque isso seria em vão.

Fala-se ainda que “de uma hora para outra” surgiram 30 casos suspeitos em Santo Ângelo. Não foi assim. O estabelecimento de novos critérios adotados pelo Ministério da Saúde fez com que situações que antes não eram consideradas suspeitas passassem a ser. Não modificou o panorama, mas sim a forma de classificação.

 

ORIENTAÇÕES

O Ministério do Desenvolvimento disponibilizou canal de comunicação para usuários de todo o país que desejarem receber alertas e orientações sobre o coronavirus. Para isso basta enviar  mensagem de SMS para o número 40199. Depois é só indicar o CEP de interesse.

 

PEQUENOS MUNICÍPIOS

Diante de todas as medidas anunciadas pelo Ministério da Saúde sobre o enfrentamento ao Coronavírus dá para observar a falta de ações mais específicas para os municípios. Não as metrópoles, que logicamente precisam ter cuidados especiais pelo volume de pessoas, mas para os médios e pequenos municípios.

Os pequenos municípios não possuem hospitais e a maioria sequer conta com uma rede de unidades bem estruturada.

Essas comunidades pequenas também precisam de atenção, pois se ocorrerem casos, e não é nada fora de contexto que aconteça, o sistema dos chamados polos regionais irá ser sobrecarregado.

 

DESTINO CERTO

Quando o Governo Federal anuncia a liberação de R$ 8 bilhões em emendas, o que se espera é que o dinheiro chegue a quem realmente precisa.

REIVINDICAÇÕES DA CNM
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) apresentou 17 reivindicações urgentes para viabilizar ações de enfrentamento da doença. Os pedidos foram entregues na presidência da República, no Supremo Tribunal Federal, na Câmara dos Deputados e no Senado. “Uma vez que as pessoas vivem nos municípios, a crise sanitária mundial gera problemas diversos, que o poder público é pressionado a resolver”, lembra com autoridade o presidente da CNM, Glademir Aroldi.
EMERGENCIAL

Uma das solicitações é a liberação de incremento financeiro emergencial de R$ 2,4 bilhões para atenção primária de saúde – pela MP 924/2020 – por meio do Fundo Nacional de Saúde (FNS) e R$ 2,25 bilhões do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) para o Sistema Único de Saúde (SUS). Os valores representam 50% do montante da MP e do DPVAT e devem ser distribuídos entre os 5.568 Municípios pelo critério populacional. Não será o suficiente, mas ajudará.

 

ELEIÇÃO DA AMM

Ademir Gonzatto, o Mico, prefeito de Dezesseis de Novembro, colocou seu nome à disposição para assumir a presidência da AMM. Até o momento, é o primeiro prefeito a manifestar publicamente o desejo de suceder Puranci Barcelos, de Santo Antônio das Missões.

A eleição estava marcada para a próxima sexta-feira (27) mas foi cancelada em razão das medidas de combate ao Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here