Livro físico X livro digital

0
416

Gosto do manuseio do livro físico, do cheio, do toque, do folhear, de poder sublinhar, fazer anotações, marcações…prefiro o livro físico, mas tenho de compreender que as edições digitais têm suas vantagens. Entre elas, preço mais competitivo, portabilidade, e ainda a facilidade de distribuição – acho que até o Ebook tem mais vantagens que o livro físico.

Porém, já parou pra avaliar quantos equipamentos eletrônicos fazem parte da tua vida hoje? Sim, é ótimo. A tecnologia (quando funciona) tá aí pra facilitar muito a vida. Mas pra ler Ebook, se tu não tiver um e-reader (aka Kindle), que tem uma luz especial para leitura, vai ler no celular ou no computador, que não tem essa especificidade.

Ainda não me deixei convencer pelo Kindle (um dos motivos é não ter dinheiros para adquirir um (talvez porque gaste em livros físicos)). O fato é que não tem uma versão superior a outra, as duas têm o que cada leitor precisa.

Sugestão App

Enquanto os e-readers ainda não me convenceram, um aplicativo de organização de leituras me ganhou. O Cabeceira. Ele é gratuito e é ótimo para quem já tem o hábito de ler e para quem quer começar. Nele dá para listar os livros que tu está lendo – indica, inclusive, o tempo que resta para concluir -, dá também pra registrar os livros que já leu e os que quer ler. Aqui minhas atuais leituras..

 

 

 

Sugestão livro

“Eu sei por que o pássaro canta na gaiola”, de Maya Angelou, veio no clube de assinatura (ainda no ano passado). É uma autobiografia e retrata a vida de uma menina Negra (ela mesma) entre os anos 1930 e 1940. Não é uma leitura fácil, muitas vezes fechei o livro braba tamanho machismo e racismo. Tem narração de situações fortes, que chocam quem não conhece a história da escritora (como eu). O livro tem memórias traumáticas, mas é extremamente íntimo e sensível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here