Os mais vendidos de 2020

0
65

Quase no fim dos 47 meses de 2020, chega o momento saber de rever o que se fez e estabelecer metas para o novo ano (oremos que 2021 tenha 12 meses mais tranquilos). Esse ano foi bem diferente, as pessoas tiveram de ficar mais reclusas, aprender a conviver consigo, descobrir novos hábitos (espero que um deles tenha sido ler ).

No fim ano, também, normalmente o site Publish News divulga a lista dos mais vendidos (a contar pela quantidade extra de meses que tivemos que encarar nesse ano, a lista deveria ser grande).

Como curto ficção, na edição de hoje trago os cinco mais:

Sol da meia-noite, de Stephenie Meyer

Essa é uma continuação, pela visão de Edward, da trilogia Crepúsculo. Edição foi muito aguardada pelos fãs da saga.

A garota do lago, de Charlie Donlea

Esse é um trhiler. Não li ainda, mas fiquei curiosa vendo as resenhas. É narrado em dois tempos alternados, pelas duas personagens principais, capítulos curtos e o texto afiado e objetivo.

A revolução dos bichos, George Orwell

Obra necessária para vida. Foi escrito na Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras. Edição publicada em 2020 trouxe nova tradução e o título passou a ser A fazenda dos animais (mais próximo ao original: Animal Farm).

1984, George Orwell

Último romance de George Orwell, que também teve nova publicação, com extras.

O homem de giz, C. J. Tudor

Não tenho mais palavras para Tudor, apenas: leiam. Todas as publicações da escritora, comprei, li e amei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here