Sete dias de maio

0
101

07.05.2016
Sério que tem gente agradecendo ao Cunha pelos “serviços que ele prestou ao país”? Sério? Devem ser da mesma turma que acha que um cara ou um partido podem fazer o que for se for “por um bem maior”. É a galera do “rouba mas faz”, lá do tempo do meu bisavô. Mudam as bandeiras e passam os anos, mas sempre funciona assim: cada um com seu umbigo e o resto que se dane. Aliás, um lembrete: se a lei de fato será aplicada igualmente para todos, quero ver quem vai sobrar. Mas será que será? Também acredito em duendes.

08.05.2016
Só tenho três certezas na vida: 1) mais dia menos dia, irei bater as botas; 2) as chances de tudo dar errado são muito maiores que aquelas de tudo dar certo; 3) as coisas irão piorar muito antes de melhorar um pouco. Com esse otimismo, acompanho os estardalhaços diários nos jornais. Afinal, o fundo do poço é só um alçapão para um poço ainda mais fundo. Let’sgo, Brazil!

09.05.2016
Quando caiu Cunha, o Zé ficou feliz. Mas quando assumiu Waldir Maranhão, o Zé ficou triste. Quando caiu Dilma, o Tonho ficou feliz. Mas quando assumiu Temer, o Tonho ficou triste. Acho que o Zé e o Tonho precisam cair na real: não adianta mudar os atores sem mudar o roteiro.

10.05.2016
Os romanos inventaram a política do “pão e circo”. Os brasileiros cortaram o “pão” e deixaram só o “circo” mesmo. Tudo virou um grande Big Brother e pensamos que ligando para o 0800, escolhemos o vencedor. Mas não: o programa é igual e só mudam os indicados pela direção. Sorry: o sistema permanece intacto.

11.05.2016
Será que o pessoal dos movimentos sociais ainda não entendeu que a velha tática de fechar ruas e estradas não funciona mais e somente causa revolta no povo que está só querendo levar a vida? Que me perdoem alguns amigos, mas desse jeito fica complicado conquistar legitimidade: fica fácil é conquistar ódio. Baita gol contra. Depois, não reclamem.

12.05.2016
Se o PT é do Lula, o PMDB é do Sarney e o PSDB é do FHC, o DEM é o ex-PFL, ex-PDS e ex-ARENA. Se sai PT e quem assume é PMDB+PSDB+DEM, isso é mudança? Menos, né: só tiraram uma cartinha X no Banco Imobiliário e avançaram uma casa. 12 de maio de 2016 ficará conhecido no Brasil como o dia da volta dos que não foram. Em vez de soltar foguetes, é bom guardá-los pra jogar nos zumbis que estão vindo aí.

13.05.2016
1) Por entendimento do TRE/SP, Temer está inelegível (ou seja: não pode participar de eleições) por 8 anos; 2) se ministros tem foro privilegiado, o que dizer de Temer nomeando caras investigados para o cargo, que nem Dilma fez com Lula?; 3) se pedaladas fiscais e abertura de créditos suplementares sem prévia autorização legislativa são motivos para impeachment, quantos governadores caem? E agora, produção? Às ruas? Se a questão é sobre corrupção, parar por aqui fica feio. Ou não?