138 novas casas no Bairro Carrera Machado

0
108

Na próxima semana inicia a construção de 138 novas casas no Bairro Carrera Machado, na zona Norte da cidade. As obras, anunciadas no ano passado, contemplam famílias de baixa renda que moram em condições precárias na beira do Itaquarinchim, em áreas de preservação ambiental, numa região que abrange os bairros Fava, Meller Norte, Vier e Castelarim. O valor do investimento é de R$ 8,2 milhões. Cabe um reconhecimento às equipes das secretarias de Habitação, Obras, Planejamento e do Departamento Municipal do Meio Ambiente, que trabalharam incansavelmente durante mais de dois anos na elaboração do projeto. Foram várias reuniões com a Caixa Federal e com integrante do Ministério das Cidades, em Brasília, até a sua aprovação. E as novidades não param por aí. No relatório da gestão 2005-2012, constam mais sete projetos habitacionais já aprovados, alguns dependendo apenas de questões burocráticas para que as obras sejam iniciadas.

Projeto Situação Valor Investimento
Construção de 136 unidades habitacionais (Bairro Pilau 2) Aguarda assinatura do contrato R$ 6.120.000,00
Construção de 288 unidades habitacionais (Bairro Garibaldi Machado) Aguarda assinatura do contrato R$ 17.200.000,00
Construção de 125 casas para reassentamento de famílias dos bairros Santo Antônio, Boa Esperança e São João Aguarda assinatura do contrato R$ 7.500.000,00
Construção de 35 casas (lotes isolados) Projeto aprovado R$ 1.800.000,00
Construção de 20 Unidades Sanitárias (banheiros) – meio rural Aguarda licitação R$ 72.000,00
Construção de 38 Unidades Sanitárias (Banheiros) – área urbana Aguarda licitação R$ 300.000,00
Infraestrutura do Loteamento Dom Aloísio Lorscheider – 200 lotes Em obras R$ 1.019.101,05

 

Carnaval de Rua

O Carnaval de Rua está consolidado em Santo Ângelo. É impressionante o crescimento do evento a cada ano que passa. Lembro do ano de 2005, quando discutíamos o formato e as características que o evento deveria tomar. Passados oito anos, fica a certeza de que as decisões foram acertadas. Impossível esquecer das dificuldades que enfrentamos na época, afinal, tivemos que começar praticamente do zero, pois há anos o Carnaval de Rua não era realizado em Santo Ângelo. Parabéns ao secretário Marcos Mattos, ao Romaldo Melher, do Conselho Municipal de Turismo, e ao Paulinho do Xangô, presidente da Liga, que deram continuidade a esse projeto.

 

O grande Amarelo

Em dia de Carnaval de Rua, impossível deixar de lembrar de algumas pessoas que foram fundamentais para a retomada do evento, como o Geovani Gisler, secretário de Turismo na época; o Paulinho de Xangô, que até hoje preside a Liessa; e, claro, do inesquecível Luis Carlos Benites de Lima, o nosso Amarelo, que já tinha sido um dos grandes responsáveis pela organização do evento em 1993, na administração do prefeito Adroaldo Loureiro. Esta será a primeira edição do Carnaval de Rua sem o Amarelo. Merece uma grande homenagem por parte daqueles que apreciam o evento. O vereador Vinícius Makvitz, acertadamente, apresentou projeto de lei propondo que o troféu entregue às escolas vencedoras leve o nome do Amarelo. Aproveito para parabenizar a todas as escolas de samba de Santo Ângelo, que serão as grandes protagonistas do espetáculo de hoje à noite da Marechal Floriano.

 

Prefeito Cardinal

Na última terça-feira, estive em Garruchos, onde participei de uma reunião com o prefeito Carlos Cardinal de Oliveira e sua equipe de governo. O Carlinhos, que já fez muito pela região com deputado federal e secretário de estado, assumiu neste ano a missão de administrar Garruchos, município que deverá receber um mega investimento nos próximos anos, a Usina Hidrelétrica de Garabi. Outro grande desafio da administração municipal será a conquista do tão sonhado acesso asfáltico. São 60 km sem pavimentação. A experiência do prefeito Cardinal e o apoio da região serão fundamentais para o alcance desse objetivo.

A. E. R. Santo Ângelo

Nesta semana, recebi a visita do vereador Osvaldir Ribeiro de Souza, o Vando. Conversamos sobre vários assuntos, especialmente dos projetos da nossa A.E.R. Santo Ângelo, presidida pelo vereador. A estratégia adotada pela direção está correta, ou seja, mobilizar as lideranças e a comunidade para garantir o apoio necessário. Fiquei feliz de ouvir dele que várias empresas importantes já confirmaram patrocínio, o que é fundamental para as intenções do Santo Ângelo. Fazer futebol no interior não é nada fácil. Dentro dessa estratégia, uma grande programação está sendo preparada para os dias 22 e 23 de março, no Parque da Fenamilho, que vai culminar com o show de Sérgio Reis.