Novos leitos e tomógrafo para o Hospital Santo Ângelo

0
114

Nesta semana, em Porto Alegre, conversei com o secretário estadual de Saúde, Ciro Simoni, quando falamos sobre os projetos encaminhados pelo Hospital Santo Ângelo. Ciro, que tem sido um grande amigo e parceiro das causas da região, garantiu a liberação de recursos para dois projetos da mais alta importância, fundamentais para o fortalecimento do HSA. Um deles é a compra de um tomógrafo, para fazer e confirmar diagnósticos, serviço hoje terceirizado. O segundo prevê a construção de 58 novos leitos, num investimento de aproximadamente R$ 2,3 milhões. Os projetos estão tramitando junto à Secretaria Estadual de Saúde e os recursos deverão ser liberados assim que forem aprovados pela área técnica.

Serviços de oncologia no HSA

Também falei com Ciro Simoni sobre a instalação de uma Unidade Oncológica (Unacon) em Santo Ângelo, uma luta de vários anos e que conta com a boa vontade do secretário. O Hospital de Caridade de Ijuí, referência na prestação de serviços nesta área, está com a capacidade esgotada. Diante desse quadro, é necessidade que um novo serviço venha a ser credenciado na região. O Hospital Santo Ângelo reúne todas as condições para isso. É o momento de intensificar a luta. Dias atrás, inclusive, os vereadores Nader Hassan e Jacqueline Possebom se reuniram com o secretário Ciro para tratar desse assunto. O caminho é esse.

Curso de Medicina para Santo Ângelo

Com a plena recuperação e reestruturação do Hospital Santo Ângelo o município passou a reunir todas as condições para conquistar um curso de medicina, e os caminhos são vários. O governo federal anunciou que deverão ser abertas 11.447 novas vagas, sendo que 7.832 através de instituições privadas e 3.615 na rede pública. O município pode percorrer os dois caminhos. O IESA e a URI já anunciaram que irão se habilitar, buscando conquistar as vagas reservadas para a iniciativa privada. As duas têm todas as condições para isso. Outra alternativa seria através da Universidade Federal da Fronteira Sul ou do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFET). Essa é uma luta antiga. Numa reunião que aconteceu há alguns anos em São Luiz Gonzaga, o município de Santo Ângelo propôs a criação de um curso federal na área das ciências da saúde, prioritariamente medicina, o que, na época, contou com o apoio dos municípios da região. Mais recentemente, no ano passado, ocorreu uma reunião com o reitor da UFFS e lideranças da região, quando a reivindicação foi, mais uma vez, reforçada.

Mobilização

Na semana passada, participei de uma reunião na Câmara de Vereadores sobre a possibilidade de conquistarmos um curso de medicina para Santo Ângelo. Uma comissão está sendo formada, integrada por lideranças de diversos setores, para dar continuidade a essa luta. O momento é histórico e as condições existem. É hora de união.

IFET

Nesta semana aconteceu mais uma reunião da comissão de implantação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. A reitoria confirmou o início das aulas para o próximo ano. As obras de construção dos prédios estão num ritmo acelerado, e deverão ficar prontas na metade do ano 2014. Até a sua conclusão, as aulas serão realizadas num imóvel do município, localizado ao lado da secretaria municipal da educação.

Constantina

Na semana passada, atendendo convite de lideranças locais, estive em Constantina, participando de uma reunião com o prefeito em exercício, Fidelvino Menegazzo, e secretário municipais. Na ocasião, falamos sobre os projetos prioritários do município e dos desafios enfrentados pela administração municipal, especialmente com relação à escassez de recursos, situação comum a todas as prefeituras. Falei sobre alguns projetos desenvolvidos em Santo Ângelo na área da saúde, educação e infraestrutura, bem como sobre a estratégia adotada para a conquista de recursos. Hoje, sem parcerias efetivas com o Estado e a União, pouco se faz.

Rádio Santo Ângelo, a nº 1

A Super Rádio Santo Ângelo completou 66 anos na última quinta-feira com muitos motivos para comemorar. Com uma equipe qualificada, a emissora, pioneira na região das Missões, é líder absoluta em audiência. Nesta semana, no dia do aniversário, foram incontáveis as manifestações de carinho recebidas dos ouvintes, que ligaram de várias partes da região e do Brasil. Um dos telefones veio de Três Corações, Minas Gerais. O santo-angelense Antonio Pereira que, coincidentemente, nasceu no mesmo dia em que a emissora foi fundada, e que ouve a emissora diariamente pela internet, fez questão de ligar e cumprimentar a equipe. Definitivamente, a Super é a número 1 no coração do povo.

Porto Lucena

Na última segunda-feira, à convite da Associação Comercial e Industrial de Porto Lucena, participei de um painel sobre desenvolvimento local e regional. O município, que pertence à região Fronteira Noroeste e que fica na divisa com a Argentina, se mobiliza para superar algumas adversidades que atrapalham o seu crescimento. Empresários e líderes políticos trabalham de forma articulada. No evento, falei sobre a realidade sócio-econômica regional e as estratégias para o desenvolvimento, enquanto o professor Nerino da Rosa abordou temas relacionados ao marketing empresarial. Parabéns ao Isac Bastos da Silva, presidente da ACI, pela organização do evento. Estiveram prestigiando o encontro o prefeito Leo Weschenfelder, os vereadores Delmo Ricardo Tissot, Jair Miguel Wagner, João Américo Montini e Uesler Cesar de Vlieger, além de empresários e estudantes.

 

 

 

Amanhã, às 10h30, os veteranos da SER Santo Ângelo enfrentam, no estádio da Zona Sul, a equipe do Trianon de Cruz Alta. As equipes irão disputar a Taça JM 30 anos. A Rádio Santo Ângelo transmitirá ao vivo o jogo.

Autor da lei 12.745/2007, também conhecida como Lei dos Desmanches, o ex-deputado e atual conselheiro do TCE-RS, Adroaldo Loureiro, foi homenageado, na noite de quinta-feira, com nome da Sala de Reuniões da recém-inaugurada sede do Sindicato dos Centros de Desmonte de Veículos do RS (SindiCDV).