A praça Pinheiro Machado

0
232

A praça Pinheiro Machado está entre as mais populares da cidade, sendo cúmplice com a majestosa Catedral, tornando- se um largo onde a comunidade se faz presente. Palco da solenidade de formandos do ensino superior, bem como onde o patriotismo é demonstrado na semana da Independência, através de discursos inflamados, contendo esperança, críticas e sonhos, na busca de alternativas para uma cidade em buscas de soluções políticas, econômicas e sociais. Praça da comunidade, dos mendigos, da cigana Milka (in memoriam), dos pastéis, dos churros, dos sorvetes, dos picolés, pipocas e algodão-doce. Reveladora também dos namoros ocultos, da prostituta em busca de aventura, do homem e mulher acolhidos em sua solidão, entre tantos outros episódios. A praça Pinheiro Machado foi criada pelo decreto nº6 de 11 de agosto de 1897.

Em busca de dados já realizados para o projeto da educação patrimonial encontramos algumas curiosidades sobre a praça Pinheiro Machado e a seguir serão elencadas:

– o Coronel Braulio Oliveira, na Lei orçamentária para o exercício de 1905, dissertou sobre a praça Pinheiro Machado: “ Esta praça continua a ser arborizada com capricho. Os claros que existiam entre os edifícios que dão para esta praça, foram tomados com grades sobre muros para ainda maior embelezamento da mesma praça.”,

– no ano de 1915, foram colocados cordões de pedra grês no quadro da praça, e esta praça estava provisoriamente fechada de arame nela com o objetivo de iniciar novas plantações de árvores.

– o monumento a José Bonifácio de Andrade e Silva, o Patriarca da Independência, foi inaugurado na praça Pinheiro machado, no dia 7 de setembro de 1922. Ficava plantado bem no centro da praça e cercado de arame. No decorrer do tempo, o monumento andou de lado para outro e foi parar finalmente em 1963, no cruzamento da avenida Getúlio Vargas com a Três de Outubro, em frente ao Colégio Verzeri. Atualmente o monumento está exposto no Museu José Olavo.

A praça Pinheiro Machado em 2019 e 1960

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here