“A Voz Alegre”

0
334

José Alcebíades de Oliveira na qual era conhecido e muito popular em Santo Ângelo como Oliveira Junior. O compadre Oscar Pinto Jung descreveu a foto (ilustração do texto) que ninguém sabia que ele era o Alcebíades… “ Era o melhor locutor da cidade. Bem jovem na foto, tenho a impressão que o Oliveira falava na ‘Voz Alegre’ do Basílio Antunes que era casado com a irmã dele. Era um serviço de auto- falantes com caixas de som instaladas no alto dos postes das principais ruas da nossa cidade. Muitas vezes, menino ainda eu ia para a esquina da Marechal Floriano com a Antônio Manoel, para ouvir a ‘Voz Alegre’ que depois foi vendida para o Ricardo Verri e então passou a ser chamada Voz Missioneira. ”

Oliveira Junior como gostava de ser chamado, nasceu em Santo Ângelo no dia 31 de dezembro de 1931. Filho único de Manuel Oliveira e Ercília Oliveira filha do Coronel Joaquim Rolim de Moura (O Quinzote), intendente de nossa cidade em décadas passadas (1896-1900).

Foi casado com Jane Mello Oliveira natural de Santiago e tiveram os filhos: José Alcebíades Junior, João Augusto, Joseane Maria, Janice e a Jacqueline Oliveira Pires.

Quando ainda garoto Oliveira Junior ingressou na radiofonia, sendo uma das primeiras vozes que foi ao ar pela ZYF-6, na Rádio Santo Ângelo fundada em 15 de agosto de 1947 que primeiramente integrava o grupo Emissoras Reunidas Rádio Cultura Ltda, fundado por Arnaldo Ballvé.

Considerado um homem de gênio acessível, cavalheiresco e ligado as questões políticas e de interesse coletivo pelos amigos e simpatizantes. Foi eleito vereador em 1955, na condição de vice-prefeito com a renúncia do prefeito Siegfried Ritter assumiu a prefeitura municipal nos anos de 1974-1977 e no período de 1979 a 1982, Oliveira Junior foi Deputado Federal. E no Congresso Nacional defendeu a pequena empresa, e levou a reivindicação da criação da Universidade das Missões com sede em Santo Ângelo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here