Exposição Nacional do Milho

0
157

Em 1952, ocorreu uma reunião de lideranças regionais envolvendo os municípios de Santo Ângelo, Ijuí e Santa Rosa, destacando a pessoa empreendedora da época, Rosalvo Scherer. Ocorreu a realização da primeira Festa do Milho, simultaneamente com a Exposição de Milho, Máquinas e Materirias Agrícolas e Fertilizantes na cidade de Ijuí, no período de 25 de julho ( Dia do Colono) a 3 de agosto.

No ano de 1953, Santa Rosa sediou o acontecimento na qual foi chamado de Festa Nacional do Milho, abrigando a Exposição Industrial e Agropecuária, no período de 25 de julho a 2 de agosto.
Consta em busca de dados no Arquivo Histórico Municipal Augusto César Pereira dos Santos, que a Festa Nacional do Milho ocorreu em 1954, entre 15 de agosto e 7 de setembro em Santo Ângelo, com a denominação de III Festa Exposição Nacional do Milho, contando com a supervisão da Associação Serrana de Defesa dos Agropecuaristas, sendo apoiada pelos governos da União e do Estado, e classes representativas da região serrana missioneira. O evento aconteceu na administração do prefeito Odão Felipe Pippi, onde atualmente encontra-se o Instituto Educacional Sepé Tiaraju, pois não existia parque de exposições. O presidente foi Valença Guedes Soares e as soberanas foram Wali Sachs Voese, Marga Fetter e Oracilda Alcântara. A Feira foi cancelada por alguns dias, pois no dia 24 de agosto o povo brasileiro foi surpreendido com a morte do presidente do Brasil, Getúlio Vargas.