Memórias de Arlindo Lied”

0
213

Arlindo Lied (in memória) escreveu no livreto “Minhas Reminiscências de Santo Ângelo” declarando que não se parecia com aquela vila que conheceu em 1893 aos sete anos quando aqui chegou.

Em seu relato Lied deixou escrito: “A praça Pinheiro Machado habitualmente servia de acampamento aos carreteiros que vinham e iam com suas mercadorias para o comércio da vila. O pouso era armado à beira da lagoa onde hoje é situada a Livraria Urca e o Supermercado Cocefel. E dali para o norte só se avistavam campos, o que quer dizer que a cidade terminava ali.

” Realmente existia uma lagoa e atualmente estão as Loja de Calçados Farroupilha, Imperador Joias, Cadil’es e Loja Gang. O curioso é que a cidade de Santo Ângelo terminava ao lugar em que hoje encontramos o Restaurante e soverteria Quick, a Farmácia São João, às Lojas Pompéia e o Banco do Brasil.

Outros dados interessantes deparamos no livreto de Arlindo Lied “ O local da antiga Farmácia Licht era a sede da moradia de Antônio Manoel que lhe serviu também de túmulo, de acordo com o desejo que manifestara antes de morrer. Como por esta época ainda não havia igreja e esta casa de Antônio Manoel possuía um grande salão, nela que se diziam as missas. E por muito tempo esta casa serviu de capela, e nela eu fui batizado.”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here