Solstício, a Arte Pública em Santo Ângelo

0
164

No dia 27 de abril de 1999, foi inaugurada a escultura eólica (vento) com o nome “Solstício”, localizada na rótula das avenidas Brasil e Venâncio Aires.

Segundo a autora da obra a artista plástica Ana Norongrado, de Santa Maria, esta escultura eólica foi executada em aço inoxidável escovado e possui em seu conjunto outros materiais, tais como lâmpadas fluorescentes, rolamentos e material elétrico. A escultura tem as seguintes dimensões: 6 metros de altura por 3 metros e 10 centímetros de largura e um peso aproximado de 200 quilos e chumbada sobre uma base de concreto. Salientou ainda que a escultura tem seu movimento rotativo através de um eixo centralizado, por meio de um sistema de rolamentos, de maneira sincronizada, proporcionando um giro lento e contínuo. A luz localizada ao longo e dentro deste eixo irradia uma luz difusa e diferenciada evidenciando a superfície metálica considerando a forma aerodinâmica da escultura e a técnica de solda e eletricidade.

A escultura “Arte Pública” foi o fruto promovido pelo Governo do Estado no ano de 1998, cujo objetivo foi estimular a criação artística, dotando áreas abertas de oito municípios do interior, entre os quais Santo Ângelo, com obras de artistas brasileiros que desejassem criar, realizar e instalar estas obras em espaços públicos ao lar livre. Ana Norongrado foi uma das concorrentes premiadas e sendo seu trabalho “Arte Pública” destinado à nossa cidade. Os custos da escultura foram subsidiados em uma parceria do governo municipal e estadual.

A base possui um sistema de rolamento que combinado com sua forma aerodinâmica permite, sob a ação do vento, seu movimento. Apresenta ao longo de sua estrutura um eixo de sustentação vazado, que através de lâmpadas fluorescentes irradia uma luz difusa evidenciando sua metálica. Este efeito manifesta-se sobre tudo em uma de suas faces, e com maior cavidade, o sugeriu o nome

“Solstício.”

“Solstício” é o tempo, ou ponto da eclíptica em que o sol está mais afastado do equador e durante alguns dias parece ficar estacionado.
Atualmente, não sabemos a localização da "Arte Pública". Ela foi retirada do espaço destinado após um vendaval.