Pois é

0
126

A lâmina do barbeador está enferrujando sobre a pia do banheiro. Isso é o tempo passando minha querida jovem de cabelos castanho claro. Não julgo o meu gramado melhor que o do vizinho, porém, não julgo pior, mas neste caso fizeste bem em partir. Agora gastarei uma grana comigo mesmo. Pode ser aqui mesmo na poltrona de sempre, pode ser o mesmo drinque. Aquele doze anos que ganhei no “grande dia”, e que nunca compartilhei contigo. Antes tomarei um comprimido e vou respirar bem fundo este ar poluído através da janela.

Coisas antigas são bonitas e duráveis. Pergunte ao teu avô. As ferramentas não foram sequer usadas, são quase novas, mas todo cara tem que ter uma caixa com pregos e parafusos e outras ferramentas para algum tipo de imprevisto, não pode haver aqui medo de levar choque elétrico a fim de não querer tomar um banho de água fria. Já não sinto saudades daquele teu rosbife acebolado das terças-feiras. O telefone está tocando. É claro, só pode ser você, acalme-se, já estou indo…

Triiiiiiimm, triiiiiiiiiiim, triiiiiiiiim, triiiiiiiiiiim…

Clanc!

– Alô…

Tututututututututut…

Paft!!!!Plaft! Crash!!!!!!!!! &*(*)(&*[email protected]*(&)($(&(*&#@*&)(*@@@#@!!!!!!**&#*&#@@!

Cinquenta e sete com noventa é o custo de um telefone novo, desses mais vagabundos que só servem para falar, dá pra pagar em duas vezes no cartão de crédito ali naquela loja da esquina, e de quebra durante esta noite ficarei livre dessas ligações. As pessoas têm a mania de se arrepender depois de certas coisas que cometem, depois ligam bêbadas e chorosas achando que podem resolver tudo com uma ligação. Dora dorme no pé da cama e logo é a hora da ração e seus pêlos voam pela casa, eles estão por toda a parte e minha rinite é quem paga a conta, porém, eu gosto dos felinos, são cheios de personalidade, assim como eu. O miado de Dora é calmo e chama a atenção dos outros gatos da região, ontem teve briga em cima do meu telhado, quebraram até uma telha de Brasilit, raios, acredito que ela esteja no cio, agora é tarde quem mandou eu me esquecer da vacina.

– Ssxxxuuit, Ssxxxuuit, Ssxxxuuit, Ssxxxuuit, Ssxxxuuit

– Rrrrrr, rooom, rrrrrrooomm, rrrrrrr, rrrrrrrroooom, rrrrrooooom. Acordou…

– Dora, venha cá, aqui está a tua ração!

– Rrrrrooon, roonnrrrrrronn!

A caixa de areia está suja, Dora fez um bom serviço durante o dia, para me ajudar a latrina está entupida, céus, eu preciso dar jeito nisso logo de uma vez antes que os vizinhos comecem a reclamar do cheiro do ralo, por falar nisso vi um filme ontem com este título, gostei muito e vale a pena revê-lo. Essa ração de Dora que me arrebenta ao meio, custa quase cinquenta mangos o pacote de três quilos. Estou indo à falência. Me livrei daquela outra gata, na verdade ela se livrou de mim, quis outro, talvez se sentiu incomodada pelos pêlos de Dora. Azar o dela, Dora ao menos tem olhos azuis e quando me arranha, ela me arranha de verdade, sai até sangue.