A La Pucha: perguntar não ofende…

0
122

Fala-se, fala-se, com os mais variados argumentos, mas a questão principal, a data do início da vacinação segue indefinida. Afinal, quando será?

Só para lembrar 

O anúncio do fechamento das unidades da Ford no Brasil foi tratado pelo presidente Jair Bolsonaro como uma situação que está baseada na busca da empresa por mais vantagens fiscais. Disse que não pode manter os R$ 20 bilhões de subsídios dos últimos anos. Não tiro a razão do presidente. Porém, é curioso.

Há 20 anos, o então governador Olívio Dutra apresentou argumento semelhante para não atender todos os pedidos da montadora, que não ficou no Rio Grande do Sul. Ou seja, quem entende que Bolsonaro está certo também deve dar razão a Olívio.

Acordo judicial

Vale lembrar, também, que em 2016, a Ford, pressionada pela possibilidade de uma decisão contrária a seus interesses, aceitou fazer um acordo judicial para devolver
R$ 216 milhões aos cofres gaúchos. Esse ato encerrou um dos capítulos mais polêmicos da política gaúcha.

O debate, na época foi intenso e, igualmente, polarizado entre prós e contras. Também é curioso que hoje muitos dos que aplaudem Bolsonaro são os mesmos que atacaram Olívio sem dó nem piedade. Se coerência não fosse algo tão raro teriam que se desculpar.

Diálogo

Demonstrando mais uma vez a sua opção pelo diálogo e entendimento, o prefeito Jacques Barbosa esteve na Câmara de Vereadores e detalhou o projeto que complementa a Reforma Administrativa. Um gesto interessante, já que a maioria dos vereadores não estava na legislatura anterior, quando o projeto iniciou seu trâmite.

Jacques foi claro, direto na explanação e ao responder os questionamentos dos vereadores. Creio que não restaram dúvidas sobre a importância do projeto, que prevê uma economia de R$ 5,2 milhões para os próximos quatro anos.

Para refletir

“De que adianta falar de motivos, às vezes basta um só, às vezes nem juntando todos”.
José Saramago

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here