A La Pucha: Fake News será punida

0
555

Tenho escrito por repetidas vezes sobre as notícias falsas, as populares “fake news” e dos prejuízos que elas causam.

Discordo frontalmente de quem pensa que “fake news” é liberdade de expressão. Inventar fatos para denegrir a imagem de quem quer que seja não é questão de liberdade, mas sim de caráter.

Em Santo Ângelo, o vídeo com informações falsas que circulou no fim de semana passado já tem até indicativo de autoria. Quem criou e quem compartilhou o material criminoso terá problemas. Até porque, a intenção foi facilmente identificada, a de prejudicar lideranças do PDT em razão do ano eleitoral.

A cor não muda o caráter

Tem que buscar, apreender, quebrar o sigilo, conduzir coercitivamente e, se possível prender. Era assim a posição diante das ações da Operação Lava Jato. Agora, não. Tudo é precipitado, faltam mais investigações, não existem indícios suficientes. Ou seja, muda a posição de acordo com o réu. Safado de vermelho ou amarelo é safado igual.

Só para lembrar 

Muitos moradores e comerciantes do centro da cidade estão reclamando que estão ocorrendo atos de vandalismo em relação às redes de internet.

Não se sabe se é vandalismo, puro e simples, ou se tem algum outro objetivo, mas algumas redes estão sendo atingidas, deixando moradores e estabelecimentos sem sinal, o que prejudica bastante.

No caso dos comerciantes, por exemplo, até que seja localizado o problema e feito o conserto, eles ficam sem condições de atender com máquinas de cartões, o que gera um grande prejuízo. É preciso investigar o que está acontecendo.

O X da questão

A nova iluminação da Praça Pinheiro Machado tem recebido elogios da comunidade. A foto do colega Fernando Gomes mostra a beleza da iluminação de led no Centro Histórico.

São mais de R$ 4 milhões investidos no programa de eficientização da iluminação pública pelo atual Governo Municipal.

E essa melhoria não fica restrita às praças e ao centro da cidade, mas está sendo implantada, também, nos principais acessos aos bairros e na sequência chegará às vias internas.

Solidariedade contínua

“Devemos usar o tempo sensatamente e entender que o momento é sempre adequado para se fazer o bem.” A frase é de Nelson Mandela e exemplifica a ação da Central do Bem, que há dois anos pratica a solidariedade com olhar diferenciado em Santo Ângelo.

O projeto idealizado pela primeira-dama Juliana Barbosa trouxe um novo conceito de ação solidária, não se restringindo apenas às campanhas do agasalho. É ação ininterrupta, de forma humanizada e digna.

E é assim que deve ser. É sabido que a solidariedade faz bem a quem dá e a quem recebe, entretanto não é só isso, ela também é urgente e não pode ser efetivada apenas em determinadas datas.

Gaudêncio, o abobado

Tenho um amigo, o Gaudêncio, que de tão ingênuo é conhecido como “abobado do rincão”.
Gaudêncio acredita que o “guri da Capital” está fazendo grande coisa ao atacar pessoas com notícias falsas e ficar fazendo birra no rádio. Mal sabe o Gaudêncio que as estripulias podem acabar muito mal, inclusive com o “piá” vendo o sol nascer quadrado.
Não tem jeito, Gaudêncio faz jus ao apelido.

Perguntar não ofende

Publicamente cobra ética e transparência, mas anonimamente produz “fake news” para atacar e denegrir.
Que postura?

 

Para refletir

“O homem é definido como um ser que evolui, como o animal é imaturo por excelência”. 
Friedrich Nietzsche

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here