A La Pucha: O X da questão

0
381

Na edição de quarta-feira (22) comentei sobre o sistema de Distanciamento Controlado do Governo do Estado, seu desgaste e a necessidade de mudança. Na manhã desta sexta (24), a Associação dos Municípios das Missões (AMM) realizou uma videoconferência para tratar disso.

A reunião virtual contou com a participação do deputado estadual Eduardo Loureiro, que vem destacando essa necessidade de mudança. O próprio Governo do Estado já sinalizou com isso, porque sabe que o descrédito do sistema com os questionamentos que aumentaram nas últimas semanas força que isso ocorra.

Mas é interessante que a região debata a questão, pois são os prefeitos que precissam contestar os dados e comprovar os erros de avaliação do governo para proteger o comércio. E Santo Ângelo tem sido responsável pelos recursos apresentados pela AMM.

Só para lembrar…
As vacinas contra a Covid-19 estão na fase de testes. Mas a vacina contra as notícias falsas e as campanhas de ódio na internet existe e é bem fácil, basta verificar de onde partem essas informações e evitar. Por aqui, por exemplo, a origem é mais do que conhecida.

 

Grupo Fricke anuncia empreendimento

Mais uma excelente notícia para Santo Ângelo. O Grupo Fricke anunciou nesta sexta (24), a instalação de um Centro Comercial e Logístico em Santo Ângelo. A confirmação foi feita pelos empresários Carlos Fricke e Martinho Kelm ao prefeito Jacques Barbosa.

O investimento é de R$ 6 milhões e irá gerar , inicialmente 20 empregos diretos.
Inauguração marcada para março do próximo ano.

Pontes recuperadas

Nesta semana, a Secretaria Municipal dos Transportes concluiu a 19ª ponte na atual gestão, com a reconstrução da ponte na estrada geral que liga as comunidades do Distrito União e Colônia Municipal, uma das principais conexões do meio rural com a sede do município.

O excesso de peso acabou causando danos na estrutura da ponte, antiga e de madeira, que precisou ser totalmente reconstruída, segundo o secretário João Terra.

A ponte já está liberada para a passagem de veículos. E no início da próxima semana, será realizada a reconstrução da ponte com oito metros de extensão na Travessa Posser, na Restinga Seca. A ponte não resistiu ao grande volume de chuvas registrado no início deste mês e cedeu.

E ainda nos próximos dias a ponte da localidade de Timbaúva, no Distrito União, com outo metros de extensão será recuperada. As enxurradas do início do mês causaram danos na estrutura.

Família em primeiro lugar

Adriana Villas Bôas, filha de Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército e atual assessor especial da Presidência, ganhou um cargo de confiança no Ministério dos Direitos Humanos. Salário de R$ 10,4 mil.

Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, funcionário do Banco do Brasil há 18 anos, foi guindado ao cargo de assessor especial do presidente da instituição, fazendo seu salário saltar de R$ 12 mil para mais de R$ 33 mil.

Recentemente, a filha do general Braga Netto, Isabela Oassé de Moraes Ancora Braga Netto, desistiu de assumir vaga na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), com salário mensal de R$ 13.074. Recuo ocorreu após o Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação cobrar explicações da agência.

E na quinta-feira (23), o Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro, trouxe a nomeação de Stephanie dos Santos Pazuello para o cargo de supervisora da Diretoria de Gestão de Pessoas da Empresa Pública de Saúde do Rio de Janeiro. Stephanie é filha do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e o prefeito Marcelo Crivella aliado de primeira hora do presidente.

Não dá para negar que é um governo que defende os valores da família.

 

Perguntar não ofende

Pesquisa eleitoral que
estava sendo realizada
na cidade nesta semana
já foi finalizada?
Resultado agradou os contratantes?

 

Novo Fundeb

A Câmara Federal aprovou o novo Fundeb, que agora vai ao Senado. Felizmente, as tentativas do governo de querer adiar a renovação do Fundo ou de vincular recursos da educação para assistência social.

O texto-base da proposta foi aprovado em segundo turno por 492 votos a seis, além de uma abstenção, numa derrota do governo.

O Senado deve confirmar a aprovação do novo Fundo, evitando o desastre proposto pelo governo. Nos próximos seis anos, a parcela da União deverá passar dos atuais 10% para 23% do total do Fundeb, por meio de acréscimos anuais.

Assim, em 2021 começará com 12%; passando para 15% em 2022; 17% em 2023; 19% em 2024; 21% em 2025; e 23% em 2026.

Recursos

O novo Fundeb, que o governo federal desprezou e foi derrotado, vai beneficiar mais 17 milhões de alunos. De acordo com o grupo Todos pela Educação, 2.745 redes de ensino vão receber mais verbas.

E o valor mínimo por aluno será de R$ 5,7 mil, contra os atuais R$ 3 mil. E como inovação e avanço, 5% destas verbas serão destinadas para educação infantil.

Dúvida

Repetem-se à farta expressões como confinamento e imunização de rebanho e a gente fica
em dúvida se estão falando da pandemia ou de pecuária.

 

O sujeito é tão infantil
que em vez de perfis fake
nas redes sociais ele
tem amigos imaginários.

 

Gaudêncio, o abobado

Tenho um amigo, o Gaudêncio, já conhecido dos leitores desta coluna.

Ele é muito, mas muito ingênuo e acredita em qualquer coisa, ou quase tudo. Por ser assim, é conhecido como “o abobado do rincão”.

Tanto que está crendo que ficar gravando vídeos e fazendo “lives” com “falsas denúncias” a todo momento é garantia para bons resultados nas eleições de novembro.

Até cheguei a pensar que Gaudêncio tinha melhorado, mas pelo jeito teve forte recaída.

Para refletir 
“Ajuda o teu semelhante
a levantar a carga,
mas não a levá-la”. 
Pitágoras

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here