Rádio Visão: Acesso a Ubiretama, a boa notícia da semana na região

0
329

Os oito de quilômetros que faltam para concluir a tão sonhada obra de acesso asfáltico à Ubiretama, aqui nas Missões, começaram a receber obras de pavimentação nesta semana. Há 20 anos que aquela comunidade aguarda a conclusão de uma obra que já começou e parou várias vezes, ligando a cidade até a BR-392.

Na Assembleia Legislativa, o deputado Eduardo Loureiro lidera uma Frente Parlamentar em busca das obras de pavimentação nos mais de 60 municípios gaúchos sem acesso asfáltico.

A retomada, agora, está sendo possível porque a antiga empresa responsável (que alegava não ter condições financeiras para tocar a obra) repassou os trabalhos para Coesul Pavimentações, que nesta semana já retomou os trabalhos.

Para chegar a isso, no entanto, muitas reuniões ocorreram no Daer e na Secretaria dos Transportes e até uma audiência pública foi organizada pelo deputado Loureiro em parceria com o prefeito Ildo Leske, há seis meses atrás, em Ubiretama.

 

Jacques e Fernando Diel articulam liberação de R$ 860 mil para combate ao Coronavírus

O prefeito Jacques Barbosa e o ex-vereador Fernando Diel tem dado um bom exemplo do que a união de forças é capaz de produzir. Mesmo sendo de partidos diferentes, as duas jovens lideranças tem buscado o entendimento, e quem ganha com isso é a população.

Na semana passada se reuniram para tratar da liberação de uma verba no valor de R$  860 mil oriunda do Programa do Governo Federal para socorrer famílias de baixa renda e que poderá servir até para recolher moradores de rua. Diel é do DEM, mesmo partido do ministro da Cidadania, o gaúcho Onyx Lorenzoni, e se colocou a disposição do prefeito para auxiliar nos contatos junto ao ministério para agilizar a liberação da verba. A principal fatia do bolo deverá ser destinada a Secretaria de Assistência Social para a compra de cestas básicas e, por sugestão do prefeito, uma outra parte será destinada às melhorias nos albergues.

O prefeito Jacques Barbosa enalteceu o espírito de solidariedade do ex-vereador, reconhecendo no seu gesto uma louvável iniciativa.

 

Covid-19 x violência doméstica

Não bastasse a devastação mundial, com milhares de pessoas morrendo todos os dias, a pandemia do Coronavírus está proporcionando uma outra situação catastrófica que está andando para níveis quase incontroláveis.

É a violência doméstica, produzida pelo maior tempo de convívio, já conturbado, entre os casais. Estatísticas do Governo Federal indicam que desde março, quando a pandemia eclodiu no Brasil e forçou o isolamento em casa, o número de registros de mulheres apanhando dos maridos e parceiros, subiu para mais de 30%.

As razões são as mais diversas possíveis, que vão desde as brigas que já existiam anteriormente e que se acirraram com o tédio do isolamento, bebidas alcoólicas, alguns casos por causa do desemprego e também pela falta de dinheiro.

Em Santo Ângelo, onde a delegada Elaine Maria da Silva comanda a proteção às mulheres, são feitos de três a quatro boletins por dia e neste momento mais de 300 mulheres estão sob medidas de proteção, que é quando a violência eclodiu de uma forma insustentável dentro de casa.

A Patrulha Maria da Penha nunca teve tanto trabalho como agora e o pior é que o Coronavírus não tem dia para acabar. O que já está ruim só vai piorar.

 

Eleições serão adiadas

Além de matar, deixar sequelas e aprisionar as pessoas em casa, o Coronavírus também conseguiu congelar as candidaturas que vinham se articulando para enfrentar as urnas em outubro.

Do alto da sua liderança, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, deu o sinal verde nesta semana para que as eleições fossem transferidas para dezembro.

Não vai ter prorrogação de mandato, mas o adiamento parece ser unânime na Câmara e no Senado. Além de não ter clima para se falar em política partidária, ainda havia o risco de ocorrer uma contaminação coletiva, o que, por si só, já seria um retrocesso e um desastre.

Totalmente fora de contexto, parece que algumas reuniões virtuais não serviram para nada.

 

Servidores estaduais vão penar ainda mais

Não tem nada que não possa ficar pior. Os governadores, por unanimidade, fecharam questão com o presidente Jair Bolsonaro para não aumentar os salários dos servidores públicos até dezembro do ano que vem e, em troca, receber recursos do Governo Federal para enfrentar a brutal queda de arrecadação.

O governador Eduardo Leite deu uma notícia catastrófica para os servidores do Estado. Se for confirmada a queda de 1 bilhão e 700 milhões de reais nos últimos dois meses, não vai ter nem previsão para fechar o pagamento da folha de abril, que ainda está pela metade. Como o mês de maio já está chegando e junho vem logo ali, vai haver choro e ranger de dentes.

Quem aventureiramente está pregando aumento para os servidores públicos, está literalmente na contramão da história. De novo!

_____________________________________________________

Primeira-dama Juliana Barbosa (foto), em entrevista a Rádio Santo Ângelo, deu detalhes sobre o trabalho realizado pela Central do Bem, especialmente no auxílio as pessoas carentes que estão sofrendo os efeitos nefastos da pandemia do coronavírus.

Chama atenção a organização do trabalho e o número de pessoas atendidas até esse momento. É de dar inveja mesmo naqueles que torcem contra.

 

______________________________________________________

  • Muitas fraudes foram registradas pelo programa de Auxílio Emergencial concedido pelo governo federal, através da Caixa Federal. Até o filho do apresentador William Bonner da rede Globo foi beneficiado. Isso porque um espertinho usou indevidamente o nome do menino. O golpe foi descoberto a tempo.

 

  • Prefeito Nelson Marchezan Jr., de Porto Alegre, está sofrendo constrangimentos e acusações em função de contratos questionáveis realizados pela sua área de comunicação no final do ano passado. Até a Justiça foi acionada no início do ano. O responsável pelos desmandos, o mesmo que anda palpitando aqui por estas bandas, acabou sendo convidado a deixar o cargo.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here