Rádio Visão: Após fake news, Justiça que saber quem administra as páginas da Aliança pelo Bem nas redes sociais

0
409

Os quatro partidos que integram a Aliança pelo Bem do Município (PP, PL, PSL e Republicanos), que tem como pré-candidato a prefeito o vice-prefeito Bruno Hesse, estão sendo notificados pela Justiça para que informem o nome do responsável pelas páginas e perfis mantidos pelo grupo nas redes sociais.

Na semana passada, a juíza Marta Moreira mandou que fosse excluída uma postagem feita pelo Aliança pelo Bem do Município, com conteúdo falso, que tinha o objetivo de atacar o prefeito Jacques Barbosa e o seu partido, o PDT.

Como tramita no poder judiciário uma ação ajuizada por uma empresária de Santo Ângelo, que teve o nome do seu empreendimento atingido pela publicação, os responsáveis responderão por dano moral.

Curiosamente o PP, presidido pelo vereador Rodrigo Trevisan, informou que não sabe quem administra as páginas do grupo nas redes sociais. Não se tem conhecimento até o momento se os demais partidos já se manifestaram e se o responsável já foi identificado.

Saldo do Fundo de Saúde estava comprometido com pagamento de serviços

O vice-prefeito Bruno Hesse divulgou que existiria um saldo de R$ 1,4 milhão “parado” na conta do Fundo Municipal de Saúde desde o final do ano passado. Imediatamente, a prefeitura esclareceu que o saldo, de fato, era esse no dia 31 de dezembro de 2019, mas que os recursos já estavam comprometidos para o pagamento de diversos serviços contratados na área da saúde.

Tratavam-se, portanto, de verbas vinculadas a programas como o Samu, UPA, agentes comunitários de saúde e outros.

Ao ser questionado nesta semana sobre esse tema, o secretário da Saúde, Luis Carlos Cavalheiro (foto), não escondeu a sua surpresa com o equívoco cometido pelo vice-prefeito e contou que, quando Bruno era secretário da Fazenda em gestões anteriores, algumas vezes o indagou, na condição de secretário sobre os saldos existentes nas contas da sua pasta. Conforme Cavalheiro, Hesse sempre o aconselhava a não se basear nos saldos existentes, pois estes recursos poderiam estar empenhados e, portanto, comprometidos para o pagamento de serviços já contratados. Surpreendente!

Surpresa na Câmara: Felippe Grass é o novo vice-presidente

O presidente da Câmara de Vereadores, Pedrão, foi tomado de surpresa na última segunda-feira (13), antes do início da sessão ordinária. A vice-presidente, Zilá Andres, renunciou ao cargo para o qual havia sido eleita na chapa que tem o vereador Paulão como secretário da Mesa.

O presidente do Legislativo, vereador Pedrão, não revelou os motivos da renúncia, ao menos para a imprensa, e imediatamente convocou nova eleição.

O vereador Felippe Terra Grass, do PDT, o  mais jovem dos atuais vereadores, se candidatou e foi eleito com 15 votos, por unanimidade. Inclusive, a vereadora Zilá, que renunciou, também votou nele, o que tornou a eleição sem qualquer sobressalto ou surpresa de última hora.

A chance de Felipe Terra Grass assumir a Presidência, por alguns dias, é bem razoável. Basta que o prefeito e o vice-prefeito se ausentar do município ou por outro motivo não possam assumir, o presidente Pedrão poderá se tornar prefeito por algumas horas ou dias e Felipe será o presidente da Câmara.

Seriam coincidências quase imponderáveis, mas, no meio de uma pandemia como a do Coronavírus, em que os idosos têm a recomendação de ficar em casa, tudo é possível.

Deputado Loureiro diz que reforma tributária é necessária, mas sem aumentos de impostos

O deputado Eduardo Loureiro se manifestou favorável a uma reforma no sistema tributário gaúcho, porém ressaltou preocupação de que a proposta apresentada pelo governador Eduardo Leite nesta semana possa representar aumento de impostos.

O parlamentar, que está estudando todos os detalhes do projeto, pretende ouvir os diferentes segmentos da sociedade para compreender os impactos que a medida provocará. “Trata-se de um tema complexo. Já identifiquei pontos positivos e outros não, como por exemplo o aumento do IPVA”, adiantou. Na avaliação de Loureiro, o conceito da progressividade adotado pelo governo, de tributar mais o patrimônio e menos o consumo, é interessante, desde que não represente aumento da carga tributária.

Eleições com cédulas de papel seria retrocesso para o século passado

As entrevistas do deputado Federal, Pompeo de Mattos, normalmente tem o efeito de causar reações diversas nas pessoas. Algumas concordando e outras nem tanto.

Nesta semana, o parlamentar trouxe à baila uma ideia que está sendo amadurecida dentro do Superior Tribunal Eleitoral, que comanda as eleições municipais. Segundo o deputado, o ministro Luiz Fux está pregando a volta da cédula de papel para as eleições de novembro, em virtude do alastramento do coronavírus.

Com a volta da cédula de papel também voltariam as urnas de pano e a apuração, com 300 pessoas ou mais sufocadas dentro de um ginásio durante dois ou três dias, seria o ambiente ideal para fazer explodir os focos do vírus. Seria alguns ouvintes, seria um retrocesso ao século passado.

A previsão “profética” do médico Rafael Fontoura

No dia 6 deste mês, quando Santo Ângelo estava na tênue linha entre  permanecer na Bandeira Laranja ou ser empurrado para a Vermelha, o que de fato aconteceu, mas por erro do Governo Estadual, fiz uma entrevista com o médico cirurgião vascular, Rafael Fontoura (foto), profetizando que, em 14 dias, a região atingiria uma surpreendente curva descendente no combate ao Coronavírus.

A entrevista, fez a cidade parar e correu o mundo pelas redes sociais. Ele próprio se autoconvidou para voltar aos microfones da Rádio Santo Ângelo em 14 dias para anunciar a regressão do vírus.

Sua profecia estava baseada no fato de que ele, e mais um médico, conseguiram debelar o surto dentro do Lar Isabel de Oliveira Rodrigues, onde a tendência, naquele momento, era ocorrer uma tragédia devastadora.

Ocorreram óbitos no Lar, mas que já estavam em curso quando começou o combate. Coincidência ou não, a curva que subia, agora está descendo, fazendo o caminho inverso. Tanto assim que nesta semana tivemos 9 casos pelo teste rápido e nenhum óbito.

Por isso, o Dr. Rafael Fontoura estará de volta no Rádio Visão na próxima segunda-feira, a partir das 8h40. Pelo entusiasmo das mensagens que me mandou, vai ser mais um show!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here