Santo Ângelo vai auxiliar Estado para elevar categoria do Aeroporto Regional

1
234

Em reunião nesta quinta-feira (3), entidades empresariais e Prefeitura de Santo Ângelo disponibilizaram apoio ao Departamento Aeroportuário do Estado (DAP) para readequação técnica da categoria atual do Aeroporto Regional.

A intenção é elevar a pista à classe especial, onde podem operar modelos de aeronaves maiores, como os 737 da Gol e Azul.

São esses os modelos de aviões utilizados pelas duas empresas em suas operações no Aeroporto de Passo Fundo, que a partir de 11 de janeiro estará totalmente fechado para dar lugar às obras de ampliação. Com isso, esses voos poderiam utilizar o Aeroporto de Santo Ângelo, assim que a reclassificação for efetivada.

Na reunião por teleconferência desta quinta-feira (3), agendada pelo deputado estadual Eduardo Loureiro, participaram o prefeito Jacques Barbosa, o presidente da Associação Comercial e Industrial (Acisa) Felipe Fontana, o diretor do DAP, Rômulo Saraiva, além do representante da Federasul nas Missões, Douglas Ciechowiez e do Aeroclube, Paulo Dallaporta.

Multa de R$ 150 para quem não usar máscara

Em estado de alerta total, o prefeito Jacques Barbosa está muito atento ao repique do Coronavírus. Enquanto muita gente pressiona para que sejam adotadas regras mais rígidas no comércio, o prefeito está convencido de que não é neste segmento que o vírus de propaga com mais intensidade.

Segundo ele, é visível que os comerciantes têm adotado, em sua grande maioria, as medidas sanitárias recomendadas e que, o foco da infestação, está é nas aglomerações de final de semana, feriados e, em parte, ainda consequência até das eleições, que retiraram de casa mais de 40 mil pessoas no dia 15 de novembro, portanto, uma data bem recente e que, em tese coincide com o aumento do número de casos.

Também é bem visível em Santo Ângelo, que muitas pessoas relaxaram nos cuidados e abandonaram o uso de máscara em locais cujo uso é obrigatório, sem contar as pessoas que caminham nas ruas e que ignoram completamente o risco da contaminação.

Além de convocar a Brigada Militar para auxiliar na fiscalização, o prefeito resolveu endurecer no bolso de quem ignora o risco do corona. Baixou um decreto, estabelecendo em R$ 150,00 o valor da multa para quem não estiver de máscara nos locais de uso obrigatório.

Resta esperar por alguns dias para sentirmos o efeito positivo ou não da medida.

Provedor alerta para risco de colapso

Com a sinceridade que lhe é peculiar e com a autoridade de quem está no comando do Hospital Santo Ângelo (HSA), o provedor Odorico Bessa Almeida fez um alerta quase dramático durante a entrevista coletiva concedida na quinta-feira (3) no Centro de Cultura, onde também estava presente o prefeito Jacques Barbosa e outras autoridades sanitárias.

Segundo ele, a falta de conscientização de muitas pessoas que não estão usando máscaras e acham que o Coronavírus não é tão perigoso como dizem as autoridades médicas, poderá levar o sistema de saúde de Santo Ângelo ao colapso em pouco tempo.

O Hospital Santo Ângelo está com sua capacidade quase no limite máximo e o prefeito Jacques Barbosa já estuda a possibilidade de internar pacientes em leitos da UPA que não estão sendo ocupados. O sinal de alerta indica que as UTI’s estão praticamente lotadas e quando isso acontecer, os pacientes terão que ser removidos para outros hospitais.

Ainda de acordo com o provedor, o prefeito Jacques Barbosa vem sendo informado diariamente sobre a situação e existe até a possibilidade de ser ativado, em situação de emergência, o Hospital Santa Isabel, que abrigaria pacientes que não necessitam de internação em UTI.

A situação do HSA é praticamente a mesma do Hospital da Unimed, onde os leitos de UTI estão no limite de sua ocupação.

Quarenta testes do Banrisul deram negativo

Um funcionário do Banrisul de Santo Ângelo testou positivo para o coronavírus, foi imediatamente afastado das suas funções e colocou em alerta máximo a alta direção do Banco.

Na quarta-feira (2) foi realizada uma completa sanitização nas duas agências de Santo Ângelo, ao mesmo tempo em que foram realizados testes nos 40 funcionários das agências.

Os resultados vieram do Lacen na manhã de ontem, e todos deram negativo, o que permitiu a reabertura parcial durante o dia para pagamento preferencial de aposentados e pensionistas. Em todo o Estado o Banrisul, submeteu aos testes os funcionários de mais de 30 agências e a maioria ainda aguarda os resultados do Lacen, que por sua vez, está superlotado de exames e não está vencendo a avaliação em um ritmo mais acelerado.

Já na Caixa Econômica Federal não há nenhum indício por enquanto, mas as filas de quase dois quarteirões que se formam todas as manhãs a partir das 7 horas, indicam sério risco de transmissão do coronavírus, porque é de aglomeração que o bichinho gosta. Ali é o seu habitat preferencial. E o alerta vale também para os frequentadores do Floripa nos finais de semana.

Ali ele também gosta de transitar. E o resultado é o aumento brutal do número de casos de pessoas infectadas. O desleixo cobra um preço muito alto. Inclusive, com a parda de vidas.

Vereador está decepcionado com a sua votação

Sincero como poucos, o vereador Márcio Antunes, do MDB, disse em entrevista ao Programa Rádio Visão, que estava decepcionado com a baixa votação alcançada nas eleições de 15 de Novembro, ainda que tenha alcançado a reeleição.

Segundo ele, em função das atividades presenciais realizadas nos bairros e no interior durante os quatro anos do primeiro mandato, dirigindo pessoalmente uma van adaptada para receber eleitores em seu interior, com internet, cadeiras e até frigobar (só para água mineral) esperava, no mínimo, repetir a votação de mais de 1,5 mil votos da eleição passada. Fez só a metade.

Entre um desabafo e outro, contou que um candidato a vereador fez mais do que o dobro dos seus votos em localidades do interior, que o concorrente sequer conhecia.

Citou também que mora há 30 anos no bairro Indubras com um legado de muitas obras, mas que dos 800 votos do bairro, recebeu pouco mais de cem.

Lembrou que, mesmo sem enxergar nada com o olho direito, consequência de um acidente de trabalho sofrido numa indústria de Santo Ângelo, não tem motorista e ele próprio dirige a móvel.

Mesmo decepcionado com a baixa votação, garante que vai continuar no mesmo ritmo de trabalho, e por fim, confessou que o seu grande sonho de consumo é ser prefeito de Santo Ângelo.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Qual é essa classe especial para aeroportos? Conheço a classificação quanto ao tamanho e resistência do piso da pista entre outras. Estou curioso para saber como se classifica um aeroporto em classe especial. A pista continuará com seus parcos 1.625m de comprimento por 30m de largura (1.625 x 30m), elevada a 338m acima do nível do mar ou 1.109 pés e resistência do asfalto para aproximadamente 58 toneladas. Boeing 737da Azul??? A Azul opera voos de passageiros com o Airbus e Embraer. Infelizmente, o viés aeronáutico do governo do estado do Rio Grande do Sul é o de construir aeroportos pequenos e pista estreitas, algumas já ultrapassadas para a demanda atual. Veja os casos de Passo Fundo e Caxias do Sul, a proposta é construir pistas de 1.900m de comprimento. Outras cidades similares em tamanho e potencial pelo Brasil já estão adequando suas pistas para 2.300m (2.300 x 45m) de comprimento e 95 toneladas de resistência. Saudações,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here