Brasília e a sua vida

0
147

É certo que Brasília está dominando o noticiário e é verdadeiramente muito difícil não se ver envolvido em algum comentário, discussão ou análise a respeito. Diante de muitas contrariedades e contradições que vemos e ouvimos, uma das poucas unanimidades é que precisamos retomar o crescimento e o desenvolvimento do Brasil o mais rápido possível.
A retomada do crescimento e do desenvolvimento, com melhoria das práticas de gestão, depende muito mais, assim como sempre dependeu, do nosso trabalho árduo, pois tem sido assim com tudo o que realmente fez e faz a diferença no país. O governo precisa mais dinheiro, que no caso, vem dos impostos e estes, pelo aumento da movimentação da economia, gerada pelo aumento do volume de comércio, da produção primária e secundária. Eu, você, nós todos, precisamos gerar mais impostos, mais empregos, renda, trabalho digno, resultados honestos para que a economia tenha melhoria de desempenho e não há outra forma.
Assim, caro leitor, sugiro darmos menos atenção a Brasília e mais atenção para nosso trabalho, nossa empresa, nossos negócios. Como vai se desenrolar o processo contra X, é bem menos importante para você superar as suas dificuldades do que como atender melhor, como vender mais e melhor, como aumentar a rentabilidade dos seus negócios. Faça um pequeno teste e veja se você gasta mais tempo comentando e ouvindo sobre os debates de Brasília, ou com um projeto para melhorar a fachada, a exposição de produtos e a vitrine da sua empresa para atrair mais vendas? Também é possível avaliar em minutos por semana gastos com a especulação sobre a última bomba política ou como melhorar a embalagem, o rótulo, os benefícios oferecidos pelos produtos da sua empresa. Você gasta mais tempo ouvindo as posições políticas das pessoas ao seu redor, a especulação dos próximos capítulos ou em estudos sobre como fazer a equipe produzir mais, como fazer as suas máquinas e equipamentos produzirem melhor?
Você aposta em qual dos lados desta disputa de Brasília? Com a especulação gerada na Bovespa, onde se deve apostar: títulos da dívida, ouro, fundos de ações, fundos imobiliários, commodities? Se estiver com dúvidas, vou dar uma dica de ouro: A melhor aposta neste momento é em você mesmo!
Tenho certeza de que o seu futuro depende de muitas coisas, mas principalmente de você, do que você fez, faz e fizer e do que deixará de fazer. Entendo que a maior descoberta que uma pessoa pode fazer é o entendimento de que pode modificar a sua vida apenas mudando suas atitudes e mentalidade. Mentalidade correta permite atitudes corretas e estas produzem ações corretas, que por sua vez proporcionam as melhores soluções. É possível mudar nossas vidas e a vida daqueles que nos cercam, mudando nossa atitude diante da vida e influenciando da mesma maneira, a quem nos cerca.
Claro que estamos diante de um conjunto de problemas que se acumulam, como a crise econômica, crise política e crise especulativa. Mas é preciso lembrar que todo o conjunto de problemas gera um conjunto de oportunidades. Não há ninguém impedindo você de estudar e se preparar para quando o mercado de trabalho aquecer e voltar a disputar os melhores profissionais! Não há ninguém impedindo a sua empresa de realizar o planejamento estratégico, ou rever processos, sistemas e implantar projetos! Você não está impedido de escrever um plano de negócios para seu possível novo empreendimento. As crises não impedem ninguém de visitar os velhos clientes e verificar como estão, o que estão fazendo, do que eventualmente estejam precisando e que você poderia encontrar uma forma de fornecer. Quando olho por este prisma lembro da frase de Kelly Young, quando disse que “O problema não é o problema, o problema é a atitude em relação ao problema.”
Assim, convido você para agirmos mais para mudar nossas vidas e nossos negócios, pois o Brasil e os brasileiros estão precisando muito e o mais rápido possível.
Um abraço e até a próxima!