Gestão, Negócios & Cia

0
131

Nesta semana compartilho a frase de Sun Tzu, autor do famoso “A arte da guerra”, que deixa muitos ensinamentos para o mundo competitivo em que vivem nossas organizações: “O sucesso das operações reside na descoberta das intenções do adversário e esforço para identificar seus pontos fracos.”

 

Comunicação com seus clientes e prospects

Nas últimas duas semanas apresentei duas pesquisas de audiência, perfil e características do ouvinte de três emissoras de rádio diferentes, num número significativo de municípios da região. Nesta semana, apresento pesquisa sobre perfil e características de assinantes de um jornal regional e a equipe segue trabalhando em outras pesquisas. Neste ritmo vimos desde o ano passado e o crescente volume de pesquisas encomendadas por clientes de diversos ramos de atividades mostra o quando a profissionalização da gestão das empresas vem gerando mudanças na forma de tomar decisões, ou seja, baseadas em informações dos clientes e do mercado, para planejar o desenvolvimento das empresas.

O conjunto de informações gera uma riqueza ímpar que será explorada pelos dirigentes e equipes destas empresas, que terão condições de desenvolver estratégias, planos, tomar decisões embasadas em dados estatísticos qualificados, sobre assuntos, seções, horários, preferências, rejeições, de ouvintes de rádios e leitores de jornais. Por estas pesquisas é possível mapear o nível de renda, faixa etária, gênero, grau de instrução, ocupação, locais de residência, dentre outras características dos diferentes tipos clientes.

Você sabe quais os jornais mais lidos e quais as seções preferidas de seus clientes? Quais as emissoras e quais os horários preferidos pelas pessoas com as quais você deseja se comunicar? Será que você está investindo nos veículos e nos espaços mais adequados? Investir baseado apenas no que você ouviu de alguém ou na sua percepção particular, pode dificultar muito o alcance dos resultados desejados. Já pensou se o espaço que você investe tivesse um alto índice de rejeição justamente do segmento que você quer como clientes?

Economia é justamente investir no espaço que seguramente é o preferido por aqueles que você deseja como clientes. O restante é despesa, gastos, que você poderia investir em outras ações com maiores resultados.

 

Pesquise seus clientes e os clientes dos concorrentes

Outra situação é a própria avaliação da real satisfação dos seus clientes e dos clientes dos seus concorrentes. O que eles desejam? Porque os seus clientes preferem você? Porque os clientes dos concorrentes compram deles? E porque não compram de você? Se você tiver a resposta destas questões pode elaborar estratégias altamente vencedoras. Não tendo, a sua ação fica limitada ao seu feeling ou a sorte, porém, é preciso lembrar que o seu negócio é importante demais para tratá-lo como um jogo, no qual você precisa da sorte para vencer. Sorte é algo que os gestores e empreendedores que desenvolvem estratégias baseadas em informações precisas e bem fundamentadas normalmente têm, fazendo com que seus esforços gerem melhores resultados a cada dia.

Finalizando, é fato que altos índices de satisfação dos clientes geram alta rentabilidade para todos os tipos de organizações. Em tempos de crescente competição, os investimentos na infraestrutura, na tecnologia, na qualidade dos bens e serviços, precisam ser baseados em avaliação da percepção dos clientes e no maior conhecimento de hábitos, desejos, necessidades, daqueles que você deseja que prestigiem os seus negócios.

Espero ter auxiliado na reflexão das suas ações de gestão para gerar mais e melhores negócios! Um abraço e até a próxima semana!