Gestão, Negócios & Cia

0
119

Esta semana me deparei com um provérbio chinês muito pertinente para algumas empresas que conhecemos: “Limpe as calhas enquanto o tempo estiver firme”, lembrando da importância de fazer investimentos e melhorias enquanto há prosperidade no negócio, pois quando inicia uma eventual crise ou fase decadente, tudo fica mais difícil.

 

A estratégia da amostra grátis

Com a concorrência cada vez mais acirrada, principalmente no setor de bens de consumo, as ações de mídia alternativa vêm ganhando espaço para promover os diferenciais dos produtos e iniciar um relacionamento da marca com o consumidor. O sampling ou distribuição de amostras grátis ao consumidor, é uma forma de aproximar a marca do consumidor desejado, de modo não invasivo. Por vezes o consumidor pode se perder diante das opções e por isso a distribuição de amostras estimula a experimentação ou consumo, quase que imediatamente.

Uma pesquisa da Nielsen, consultoria internacional, analisou recentemente os hábitos de consumo em diversos países, buscando identificar quais são as formas que mais surtem efeito na atração do consumidor. O estudo foi realizado com companhias de 110 países, sendo que na América Latina foram ouvidas empresas em sete países, entre eles, o Brasil. O levantamento verificou em quais ocasiões os consumidores ficam mais ou menos estimulados a experimentar novos produtos e identificou que para 45% dos brasileiros, receber uma amostra grátis faz com que se sintam mais inclinados a experimentar um novo produto.

O índice que já se sabia que era alto, vem aumentando, pois as ações de sampling estão cada vez mais interativas, segmentadas e profissionalizadas. Fatores como uniformes, boa apresentação visual dos promotores, bons treinamentos, boa apresentação visual do espaço e do material utilizado, fazem com que o consumidor alvo receba cada vez melhor a abordagem e a comunicação dos produtos.

O boca a boca também foi avaliado pela pesquisa, que revelou a importância de estimular o boca a boca positivo dos clientes nas suas redes de contato. 38% dos brasileiros entrevistados disseram que se sentem muito propensos a adquirir um produto que não conhecem, quando o mesmo é recomendado por amigos ou parentes. A tendência é facilmente observável nas marcas mais tradicionais, em que o hábito de consumo de determinados produtos passa de pais para filhos. Todavia, é preciso observar que esta recomendação ocorre somente nos casos em que há confiança nos produtos, gerando fidelidade.

As duas ações, sampling e estímulo ao boca a boca positivo, combinadas podem alcançar um grande número de clientes potenciais, pois alguém que experimenta uma amostra grátis e fica satisfeita pode ainda ser estimulada a compartilhar a experiência com as pessoas das suas relações, propagando de forma positiva a imagem e os benefícios oferecidos pelos produtos que ainda não eram consumidos.

Com os resultados desta pesquisa, quem produz ou comercializa bens de consumo, pode ter maior clareza e segurança sobre potencial da promoção dos benefícios oferecidos através da distribuição de amostras grátis, que especialmente pela alta eficiência pode e deve ser mais utilizado pelas empresas para conquistar novos clientes.
Um abraço a todos e o desejo de ótimos negócios!