Transformando o sonho em resultados

0
125

Já refletimos neste espaço que nos períodos em que o ritmo dos negócios fica reduzido, é tempo de planejar, projetar e prospectar novos negócios, novos produtos, novos mercados, enfim, dedicar-se mais a inovação. Tenho falado (e escrito) também que é preciso um bom planejamento e bons projetos para transformar sonhos em realização pessoal e profissional, e não em pesadelos.

Com frequência vemos pessoas com ideias para novos produtos e novos negócios que estão sendo pensado há tempos, mas que precisam de uma melhor reflexão o que somente é possível, com o planejamento e projeções geradas por um bom plano de negócios. Para evitar que o sonho do negócio vire pesadelo, tenho proposto a definição do problema, do público, da visão, da estratégia, dos objetivos e do monitoramento.

Acredito que a primeira reflexão sobre uma ideia destas é definir se o melhor é um novo produto, ou um novo negócio. Qual o potencial de desdobramento deste produto ou deste negócio, em amplitude e profundidade e ainda, qual o potencial de agregação para o negócio maior no qual ele será inserido?

Com um pouco mais de clareza sobre o potencial do produto ou do negócio, é preciso definir bem qual o problema que o produto ou o negócio resolve. Qual a necessidade de empresas ou o desejo das pessoas que o novo produto ou novo negócio se proporá atender?

Definido qual o problema que o produto/negócio irá resolver, é preciso pensar no público alvo. Público alvo é um grupo restrito dentro da população toda, para quem o produto ou negócio será mais atrativo e que terá potencial para adquiri-lo. Quem pagaria pelo que o produto ou negócio oferece? Para quem vamos trabalhar? Quem são, quantos são, onde estão, quais são os principais hábitos em comum do público alvo?

Resolvido o público alvo que o novo produto ou negócio pretende atingir, é preciso definir a visão de futuro, ou seja, onde queremos chegar. Porque estamos desenvolvendo este produto? Porque estamos desenvolvendo este negócio? Como queremos ver este produto daqui a 10 anos? Onde queremos que este negócio esteja daqui a 10 anos?

Tendo claro aonde se quer chegar com o produto/negócio, é preciso escolher a melhor estratégia, ou seja, qual o melhor caminho para chegar lá. Qual das opções existentes é a mais adequada para transformar esta ideia naquele resultado que se quer? Com a estratégia definida, é imprescindível definir os objetivos do que se quer realizar. Os objetivos poderiam ser comparáveis aos quesitos, às etapas para que a visão de futuro seja alcançada. O que se quer realizar ao longo da caminhada para o alcance da visão de futuro neste produto ou neste negócio pretendido.

Um objetivo terá mais condições de ser alcançado com a definição dos indicadores e das metas de cada um deles. É preciso ter claro de que o que não é medido, não é gerido. Desta forma, para saber em cada etapa quais resultados já foram atingidos, quanto falta para alcançar o que se pretende, saber se é preciso mais ou menos investimento, mais ou menos esforço, é fundamental ter definido como serão monitorados os resultados que darão suporte para a tomada de decisões.

Definir o problema que o seu sonho vai resolver, para quem ele será uma solução, quem pagará pelo que será oferecido, aonde se quer chegar a longo prazo, como você fará para chegar lá, quais as etapas do caminho e como serão monitorados os resultados, é a fórmula para transformar sonhos em resultados de médio prazo, evitando os pesadelos futuros. 

Desejando que alguns dos seus muitos sonhos possam ser concretizados mais rapidamente, deixo um abraço e até a próxima!