Obrigado!

0
114

Muito bem. Se você está lendo esta coluna hoje, pode ter certeza de que o mundo não acabou! Na época em que eu cursava a faculdade de Direito (1995), já havia este infeliz comentário. As rádios brincavam com a notícia, enquanto muitos faziam a contagem regressiva para o final do mundo. Uma seita anunciava o fim dos tempos… Então, na véspera, o tal líder espiritual anunciou que o fim do mundo estava adiado. Quanta bobagem. O mundo não acabou naquele ano e também não acabou hoje. A vida segue !

E se o mundo não acabou, o ano de 2012 sim, está acabando. E agora está chegando o Natal e as comemorações do novo ano. É hora de agradecer e de repensar onde erramos e como vamos corrigir no próximo ano estes erros.

Fazendo a minha parte, quero também agradecer…

Agradecer a você, meu leitor, que me acompanha. Já são cinco anos escrevendo para os jornais da região. Mais de 130 municípios. Vinte jornais e uma revista, além dos sites e blogs que compartilham meus textos. Obrigado!

Quando chego a lugares estranhos e sinto-me conhecido, é um sinal de que sou lembrado. E é este carinho que hoje venho agradecer. Você que lê e me acompanha, faz parte da minha vida. Obrigado! Você é o combustível desta coluna!

Quero agradecer também aos meus colegas de trabalho. Meus funcionários e colaboradores. Quantas lutas, quantos obstáculos, quantas vitórias. Obrigado por conviver com vocês!

Aos meus alunos da faculdade, obrigado pelo carinho !

Aos amigos, obrigado pelas conversas, pelas risadas, por entender minhas mancadas, por serem sinceros comigo. Amigo é aquele que te aceita como você é, não como ele gostaria que fosse…

Aos meus familiares, obrigado pelo amor. Sem amor não se vive. Seja o amor de pai, de mãe, de filho, de esposa, de primo, tio ou avós (que não tenho mais). É o amor que nos dá força para o trabalho. Que nos dá a vontade de alcançar metas. Que nos faz sonhar com os objetivos. É o amor que nos faz forte, quando estamos fracos. Nem sempre demonstramos todo o amor que sentimos por alguém, e da mesma forma não podemos medir o quanto somos amados, apenas por julgar o que enxergamos…

Por fim, obrigado a Deus por mais um ano de vida. E que o próximo ano seja sempre melhor que o ano que está acabando…

Quer a minha dica de final de ano? Agradeça. Lembre-se das coisas boas e agradeça. Não esteja focado apenas nas tristes lembranças. Elas fazem parte do aprendizado. Quando uma porta se fecha, logo à frente outra se abre. Agradeça pelo ano que passou e torça por um ano melhor. Quando olhares para a árvore de natal iluminada, não enxergue apenas a luzinha queimada. Veja que lindas são as outras luzes acesas..

Feliz Natal e próspero ano novo. Espero você, novamente, no ano que vem!