O poder da oração

0
87

A abordagem Psicológica, embora sem ignorar as questões neurológicas, se concentra mais nas questões cognitvas e emocionais. Sendo assim, mais do que apenas as alterações no funcionamento cerebral durante a oração, a Psicologia se atém aos efeitos da oração na vida do indivíduo como um todo. Assim, podemos mencionar, por exemplo, os estudos de Ken Pargament, Harold Koening, Kevin Ladd e Bernand Spilka, que apontam para a oração e outras práticas de natureza religiosa e espiritual como fatores de enfrentamento às dificuldades da vida, bem como de fortalecimento da saúde e melhora na qualidade de vida, e como fonte de um direcionamento para um propósito existencial. Alberto Domeniconi (São Paulo, 2014)

Os benefícios da oração já são comprovados cientificamente. Mais do que uma fala decorada com Deus, uma conversa sincera e emocionada é muito válida, independente de crença ou religião.

Mas, compartilho com vocês uma de minhas orações preferidas:

Deus, não consintas que eu seja o carrasco que sangra as ovelhas, nem uma ovelha nas mãos dos algozes.

Ajuda-me a dizer sempre a verdade na presença dos fortes, e jamais dizer mentiras para ganhar os aplausos dos fracos.

Meu Deus, se me deres a fortuna, não me tires a felicidade; se me deres a força, não me tires a sensatez; se me for dado prosperar, não permita que eu perca a modéstia, conservando apenas o orgulho da dignidade.

Ajuda-me a apreciar o outro lado das coisas, para não acusar meus adversários com mais severidade do que a mim mesmo.

Não me deixes ser atingido pela ilusão da glória, quando bem sucedido, e nem pelo desespero, quando derrotado. Lembra-me que a experiência de uma queda poderá proporcionar uma visão diferente do mundo.

Ó Deus! Faze-me sentir que o perdão demonstra força, e que a vingança é prova de fraqueza.

Se me tirares a fortuna, deixe-me a esperança. Se me faltar à saúde, conforta-me com a graça da fé. E quando me ferir a ingratidão e a incompreensão dos meus semelhantes, cria em minha alma a força da desculpa e do perdão.

Finalmente Senhor, se eu Te esquecer,  Te rogo que nunca Te esqueças de mim. (Prece árabe)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here