Começou a corrida

0
130

Com a realização das convenções partidárias, o país está envolvido com as candidaturas de cidadãos que querem administrar os municípios.

Diversos acordos foram aceitos e um expressivo número de filiados, de bandeira à mão, estará nas vias públicas fazendo apologia de seus candidatos.

É chegada a hora de fazer um apelo aos dirigentes políticos para que a cidade não seja transformada num lixão. Repetindo anos anteriores, espera-se que a propaganda seja intensa, mas respeitosa, e dentro da lei.

A população quer ouvir o que os candidatos pretendem fazer pelo município. É bom que o português seja falado com clareza e sem mentiras, pois os problemas são de toda natureza e devem ser enfrentados com competência.

A antiquada técnica da promessa do impossível não deve motivar os eleitores ao voto.

As pessoas dispostas a enfrentar as urnas para os cargos de vereador, vice e prefeito são conhecidas de todos. Uma análise do passado de cada uma deve ser discutida. O que o eleitor não deve é deixar-se influenciar pela cara bonita, pela voz romântica, pelo sorriso cativante e pela humildade praticada sem sentimento.

A escolha malfeita significará quatro anos de atraso ao município.

O voto é a única arma à disposição da população e não deve ser mercadoria de troca. Os escolhidos devem demonstrar conhecimento e responsabilidade.

OPINIÃO

Vendo como comprei. A reclamação constante à Casa Branca, nos Estados Unidos, era de maus tratos a prisioneiros. O Chanceler responsável passou a responder a cada manifestação. Disse que a proposta era a da permitir a adoção de presos e recomendava àqueles que defendiam os direitos humanos que se habilitassem.

Só fazia um alerta às pessoas. Os presos a serem adotados, considerados maltratados, ofereciam perigo às famílias, geralmente pedófilos, estupradores, homicidas etc.

Parece que o projeto deu em nada, faltou interesse no processo de adoção.

DUAS RODAS

Está em permanente crescimento o número de mortos e acidentados graves que se utilizavam de bicicletas e motocicletas. Justificam o fato pela quantidade desses veículos em circulação. Trata-se de uma explicação que merece crédito, acrescida da imprudência dos condutores de modo geral.

Os abusos ocorrem de parte a parte, mas muitos inocentes pagam com a vida a inocência por andar em vias públicas.

Bicicletas e motocicletas são veículos fáceis de circular num trânsito engarrafado, saturado de automotores de toda espécie.

Além da lei, todos devem estar ocupados em pensar numa solução de maior segurança no trânsito.

SURPRESA

As taxas do DETRAN, ao contrário de facilitar o pagamento pela população, estão pesando no bolso dos contribuintes e engordando o Caixa do Órgão.

Um exemplo. Vistoria R$ 52,33. Expedição de CRV/CRLV R$ 40,95. Alteração de Registro de automóveis 4 anos/+100 R$ 391,35. O valor de R$ 484,63 para liberar o gravame de leasing de um veículo.

E muitos que acreditaram na batalha de uma deputada, hoje secretária, para reduzir as taxas e tarifas do DETRAN!!!