Presente de Natal

0
125

Perguntada, uma criança dirá o presente que quer receber de Papai Noel. Inocente, ela não sabe se os pais podem dar e ficará triste se não conseguir realizar o sonho. Os adultos entendem melhor a realidade, se satisfazem com aquilo que têm.

A propaganda de forma inteligente motivou a população sobre essa figura de barbas brancas que pode tudo, mesmo com o sacrifício de dívidas que poderão não ser pagas. Foi esquecida a data realmente importante a ser comemorada. É coisa de menor importância o nascimento de Jesus, alguns responderão.

Pois eu acho importante a data religiosa da cristandade. Respeito, porém, o comércio realizado sob a batuta do prosaico homem de vermelho. Afinal, é momento de maior quantidade de dinheiro em circulação, e, muito importante, a população está suficientemente estimulada a gastar.

Qual o melhor presente nessa data? Brinquedos para crianças. Móveis para adultos. Roupas modernas para juventude. Quem sabe um automóvel zerinho?

Duas coisas não podem faltar à mesa da família brasileira: amor e alimento. Amor para uni-la ainda mais para fazer frente aos desafios da vida moderna. Alimento para saciar a fome de multidões de brasileiros.

E que Deus traga paz e felicidade aos brasileiros que tem fé. E que essa data estimule os que ainda não têm.

O presente que pedirei em favor do ser humano é abundante felicidade a todos.

PROMESSAS

É aceitável preparar o espírito para trazer à tona vontades para o futuro próximo. Prometemos muito para nós e de nós para os outros. Geralmente, cumprimos pouco do que garantimos fazer.

O momento é de reafirmar sentimentos, de esquecer desavenças construídas ao longo dos anos, de somar esforços no sentido de nos tornarmos pessoas melhores. Acreditadas pela família e pela sociedade.

Mandar embora vícios que causaram prejuízos e que arruinaram o patrimônio financeiro e a saúde, para nos livrarmos das algemas que prenderam nossa vida.

Alto lá, porém! Fazer promessas sérias, diferentes dessas feitas pelos políticos.

FUMO

A presidente da República sancionou lei que proíbe fumar em lugares públicos e privados fechados. Além disso, aumentou o valor do tributo sobre o fumo.

Não acredito muito em muitas leis, pelo menos esta vem em favor da população, principalmente a do não fumante.

Seria mais fácil proibir a plantação de fumo e a fabricação de cigarros. Poderá haver desemprego e o governo deixar de arrecadar generosos impostos.

Ainda assim, o cigarro chegaria ao fumante por meios ilícitos do descaminho.

A nova lei ainda não foi regulamentada.

TENTAÇÕES

Sem dúvida o cartão de crédito é uma tentação. Compram-se produtos sem tocar no bolso. Pagam posteriormente. O problema é o orçamento poder sustentar os gastos efetuados.

Companheiro do cartão de crédito é o dinheiro fácil, sem desconto em folha e mesmo que a pessoa tenha apontamento nos serviços de proteção ao crédito. Maravilha, dinheiro na conta em 24 horas.

Depois do cartão e do empréstimo vem a dificuldade e o desespero. Mas, enfim, neste final de ano essas práticas funcionaram a todo vapor.